ABRINDO O JOGO: Janot denuncia saques de R$ 300 mil em contas de Renan; CONFIRA!

0

Dois saques feitos pelo senador Renan Calheiros (PMDB-AL), líder do partido no Senado, que somam R$ 300 mil estão sendo investigados pela Procuradoria Geral da República (PGR). Os valores foram retirados em dezembro de 2012 e dezembro de 2014. As informações são do site G1.

Conforme a publicação, o peemedebista sacou R$ 200 mil em uma agência do Banco do Brasil (BB) em Maceió. Em outra ocasião, Renan retirou R$ 100 mil na boca do caixa de outra unidade do BB, desta vez em Brasília.

O Conselho de Controle de Atividades Financeiras (Coaf) informou as duas transações bancárias ao Banco Central (BC). Esses dados fazem parte de um dos noves inquéritos no STF em que Renan é alvo na Operação Lava-Jato. Neste processo, o líder do PMDB no Senado e o deputado federal Aníbal Gomes (PMDB-CE) são suspeitos de receber propina, por meio de doações eleitorais, para garantir apoio político e facilidades em contratos para a empresa Serveng Civilsan.

De acordo com o G1, o senador Renan Calheiros afirmou, por meio de nota enviada por sua assessoria, que “suas contas são auditadas desde 2007 e nenhuma irregularidade foi encontrada até o momento”. Gomes nega as irregularidades.

você pode gostar também Mais do autor

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.