ABUSO: Moro considera certo a prisão de um suspeito até destroçá- lo psicologicamente, diz jornalista;

0

No artigo Somos todos vítimas e testemunhas de abusos de autoridade, o colunista Janio de Freitas defende o projeto que tipifica abusos cometidos por juízes e procuradores e faz também uma crítica ao juiz Sergio Moro.

“O abuso, seja do que for, nunca é abuso na visão de quem o pratica. Sérgio Moro considera perfeita a retenção de um suspeito na cadeia até que, moral e psicologicamente destroçado, se ajoelhe à delação premiada. Sem que com ela venha certeza alguma da veracidade e dos propósitos de delações acusatórias”, diz ele.

Janio também critica a delação do ex-senador Delcídio Amaral, que motivou ação contra o ex-presidente Lula. “Se invocada a utilidade da delação para direcionar investigações, verdade maior é que incriminações e prisões valem-se, com frequência, apenas do dito por delatores. É o que ocorre, por exemplo, com a delação feita por Delcídio Amaral já depois que despiu a credibilidade construída no Congresso”, afirma.

você pode gostar também Mais do autor

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.