Ações da empresa Oi despencam após anúncio de pedido de recuperação; CONFIRA AQUI

0

As ações da Oi operam em forte queda nesta terça-feira (21), chegando a desabar 30% na mínima da sessão, após a empresa anunciar na véspera que entrou com pedido de recuperação judicial. Por conta da forte queda, a BM&F Bovespa chegou a suspender as negociações dos papéis da empresa na bolsa no início dos negócios, por aproximadamente 1 hora.

Após a abertura das negociações, os papéis da Oi entraram em um leilão para ser definido o preço inicial das ações, às 11h. Isso ocorre, pelas regras da bolsa, quando um fato novo é anunciado antes do início dos negócios, como foi o caso do anúncio de recuperação judicial na véspera.

Até as 12h, os papéis já tiveram 5 leilões, anunciados após forte oscilação de preço, segundo a BM&F Bovespa. Há possibilidade de novos leilões, conforme as regras da bolsa para casos de forte variação das ações.

Perto das 14h43, as ações preferenciais da empresa caíam 19,19%, cotadas a R$ 0,80. Os acionistas que possuem esses papéis têm preferência na distribuição de dividendos. Na mínima do dia, o preço da ação chegou a R$ 0,68. Já as ações ordinárias (que dão ao acionista direito a voto em assembleias da empresa) caíam 18,25%, a R$ 1,03. Na mínima do dia, o preço chegou a R$ 0,98.

Com o tombo desta terça-feira, as ações da Oi acumulam em 2016 desvalorização de cerca de 60%, segundo a Reuters.

você pode gostar também Mais do autor

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.