BANCO RURAL: Valério quer delatar Aécio e diz que teria maquiado dados contábeis para proteger tucano; CONFIRA!

0

O empresário Marcos Valério Fernandes de Souza, pivô do chamado ‘mensalão’, quer delatar os senadores Aécio Neves (PSDB-MG) e Clésio Andrade (PMDB-MG), ex-governador e ex-vice-governador de Minas Gerais. Segundo Valério, o banco Rural, que operava recursos do esquema, teria maquiado dados contábeis para proteger os dois políticos mineiros, segundo informa reportagem do jornalista Marcos de Moura e Souza, no Valor Econômico.

“Entre as afirmações que Marcos Valério Fernandes de Souza quer incluir em um eventual acordo de delação premiada está a de que ele participou diretamente de uma adulteração de dados do Banco Rural. Essa ‘maquiagem’ teria sido feita para proteger interesses do então governador de Minas Gerais, Aécio Neves (PSDB-MG) e de outros políticos do Estado, segundo já afirmou em delação o ex-senador Delcídio Amaral (sem partido)”, diz a reportagem.




Valério pediu para se tornar delator após o depoimento de Delcídio, alegando que poderia confirmar o depoimento do ex-senador, cassado recentemente pelo Senado. Na delação, Delcídio disse que “a maquiagem consistiria em apagar dados bancários comprometedores que envolviam Aécio Neves, Clésio Andrade [que foi vice-governador], a Assembleia Legislativa de Minas Gerais, Marcos Valério ‘e companhia'”.

“Qualquer vinculação do nome do senador a fatos indevidos ocorridos no âmbito da CPI dos Correios é absurda e falsa e isso ficará claramente comprovado nas investigações”, disse a assessoria de Aécio. Com sua delação, Valério pretende deixar a prisão.

você pode gostar também Mais do autor

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.