BOMBA ATÔMICA! Marcelo Odebrecht rompe com família e pode apontar ‘fraude’ em delações premiadas; SAIBA!

0

DO SITE ANTAGONISTA

Marcelo Odebrecht vai passar dois anos e meio em prisão domiciliar.

Executivos da empreiteira temem que, em seus depoimentos, ele possa apontar omissões no acordo com a Lava Jato.

Segundo a Folha de S. Paulo, ele “rompeu com o diretor jurídico do grupo, Adriano Maia, com a irmã, Mônica, com o cunhado, Maurício Ferro, que também é diretor no grupo, e com a mãe, a quem era muito ligado.

Com o pai, Emílio Odebrecht, presidente do conselho do grupo, ele já havia brigado antes mesmo de ter sido preso, em junho de 2015.”

Se Marcelo Odebrecht contar tudo – Emílio – terá sua delação revogada.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here