CASO LULA: Renan diz que Lava Jato tem que acabar com “exibicionismo”

2

O presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), afirmou nesta terça-feira 20 que a Lava Jato precisa “acabar com o exibicionismo” e separar o “joio do trigo”. Renan é um dos investigados da operação que apura o esquema de corrupção na Petrobras.

Segundo o senador, episódios como a da apresentação da denúncia contra o ex-presidente Lula pela força-tarefa, na semana passada, retiram “prestígio” do Ministério Público. Ele defendeu que não se pode fazer denúncias por “mobilização política”.

“Eu acho que a Lava Jato é um avanço civilizatório, mas a Lava Jato tem a responsabilidade de separar o joio do trigo, acabar com esse exibicionismo, fazer denúncias que sejam consistentes. Acabar com o exibicionismo que nós vimos agora no episódio do ex-presidente Lula e vimos em outros episódios porque isso, ao invés de dar prestígio ao Ministério Público, isso retira prestígio do Ministério Público”, disse.

você pode gostar também Mais do autor

2 Comentários

  1. Maria Aparecida Favaron Miotto Diz

    Perseguição e Lula e Dilma ?!…o que isto significa ? Se ambos tivessem agido com retidão moral e ética , cumprindo à risca os seus deveres , mormente após terem sido prestigiados pelo povo em eleições ,não haveria porque serem “perseguidos” conforme dizem os seus adeptos.

  2. nADIR AIRES DA SILVA Diz

    DEPOIS DESSE GOLPE O BRASIL PRECISARÁ SER RECONSTRUIDO E MORALIZADO . NO ATUAL MOMENTO NÃO PODEMOS CRER NEM NO EXECUTIVO, NEM LEGISLATIVO E NEM NO JUDICIÁRIO .ESSA PERSEGUIÇÃO A LULA E DILMA DIZ TUDO .

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.