COM MEDO: Fachin prepara inquéritos contra judiciário e para não ser morto, reforça segurança; CONFIRA!

5

Trechos de delações da Odebrecht que citam integrantes de diferentes esferas do Judiciário estão, sob sigilo, nas mãos do relator da Lava Jato no Supremo Tribunal Federal, o ministro Luiz Edson Fachin, aponta a coluna Painel, da Folha de S.Paulo.

Os nomes constam nos 25 pedidos de inquérito formulados pela Procuradoria-Geral da República que ainda não foram divulgados pelo ministro. Os documentos já estariam despertando insegurança no TCU e no STJ, por exemplo.




Ainda de acordo com a coluna, desde que virou relator, Fachin tem mudado seus hábitos de compartilhar informações com os integrantes de seu gabinete e o Supremo reforçou sua segurança em locais públicos, como aeroportos.

Folha de São Paulo

você pode gostar também Mais do autor

5 Comentários

  1. José Luiz Castro Diz

    É uma pena que nosso país o povo não reage com mais determinação para defender os direitos pois os deveres deixa a desejar, já que o reflexo do nosso do país e a cara dos nossos dirigentes quem sabe daqui uns cem anos nos iremos ver um país com um pouco de justiça, porque o que vejo hoje é perseguição a um grupo é a outro tudo liberado não posso acreditar nesse processo tendencioso.

    1. Marco Aurélio Oliveira Diz

      José Luiz Castro, enquanto houver ZUMBIS seguindo um encantador de ASNOS nem daqui a cem anos haverá solução!

      1. fauzia maria sylos Diz

        Cara, você falou tudo. kkkkkkkk rir e chorar snif snif snif

    2. Hilton Diz

      Todo processo precisa ser tendencioso para ter objetivo, no caso a tendência sempre será de incriminar o investigado. Se não há testemunhas de defesa eficazes o que deveria ser feito?
      Você também não pode querer que num processo que investiga a corrupção do Lula em troca de um triplex tenha outros atores que não sejam relacionados ao caso, o mesmo para o Guarujá, Atibaia, LILIS, Petrobras, BNDS, Correios, Cx Econômica, COMPERJ, Abreu Lima, FIES, Min da pesca… Todos diretamente ligados e sob o comando do PT/PMDB. Como culpar a outro?

      1. Cacilda Galiotto Diz

        Ah vá, deixa de ser tendioso, da uma olhadinha só p/ o seu PSDB, que ninguém investiga, o porque todos sabem!

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.