Considerado um dos piores presidentes da história, FHC ataca Lula e diz que delação de Palloci ‘vai pesar’

0

Acusado por políticos das mais variadas correntes ideológicas de ter distribuído malas de dinheiro para aprovar a lei que viabilizou sua reeleição, o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso meteu o bedelho na delação do ex-ministro Antônio Palocci contra o petista Luiz Inácio Lula da Silva. A princípio o chefe de Gilmar Mendes apaziguava turbulência entre presidenciáveis tucanos.




Nesta 2ª feira, 11 de agosto, o “príncipe da privataria tucana” colocou panos quentes na intriga entre Geraldo Alckmin e João Doria, que melaram a relação depois que o último decidiu concorrer à Presidência da República em 2018.

FHC, como é conhecido o ex-presidente tucano, minimizou os comentários do presidente interino da legenda que defendeu que Geraldo Alckmin tem a preferência do partido para disputar o cargo.




Não contente em cuidar dos graves problemas no seio do PSDB, FHC disse que o depoimento do ex-ministro Antônio Palocci ao juiz Sergio Moro “vai ter peso na compreensão do que aconteceu” nas gestões petistas. FHC lembrou que o ex-ministro da Economia era um homem que gozava da “intimidade” do governo.

Não é que as mentiras contadas por Palocci não tenham impactos negativos nas pretensões políticas do ex-presidente Lula, o problema é que o presidente de honra dos bicudos poderia perfeitamente se preocupar em explicar à sociedade, o porquê de seu partido continuar bancando o governo Temer, ou mesmo o porquê que a sigla ainda mantém em sua presidência um senador acusado de pedir e receber 2 milhões de propina da JBS.

Cagadas Políticas

você pode gostar também Mais do autor

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.