Cunha que comandou o golpe é condenado a 15 anos de prisão

0

O juiz federal Sergio Moro, responsável pelas ações da Operação Lava Jato na primeira instância, em Curitiba, condenou nesta quinta-feira o ex-deputado Eduardo Cunha (PMDB-RJ) a quinze e quatro meses de prisão pelos crimes de corrupção, lavagem de dinheiro e evasão fraudulenta de divisas.

O processo se refere ao recebimento de propina na compra do campo petrolífero de Benin, na África, pela Petrobras, em 2011. Preso desde outubro de 2016, Cunha é acusado de ter escondido 1,5 milhão de dólares em contas na Suíça.

O caso está nas mãos de Moro desde setembro do ano passado, quando o ministro falecido do Supremo Tribunal Federal (STF) Teori Zavascki encaminhou o processo à Justiça de primeiro grau após Cunha ser cassado no plenário da Câmara dos Deputados.

você pode gostar também Mais do autor

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.