Delator diz que Temer pegou propina para organizar golpe contra Dilma; SAIBA!

1

O golpe contra a democracia brasileira, liderado pelo senador afastado Aécio Neves e pelo ex-deputado Eduardo Cunha, em benefício de Michel Temer, foi alimentado por pagamentos de propina, segundo a delação de Joesley Batista.

Um dos trechos do depoimento do dono da JBS revela que Temer pediu e recebeu propina durante o período que antecedeu o golpe contra a presidente legítima Dilma Rousseff.

Segundo Joesley, Temer o convidou para uma reunião em seu escritório político, já no curso do processo de impeachment, e lhe pediu ajuda financeira para despesas de marketing político.

O valor acertado foi de R$ 300 mil e, segundo Joesley, foi entregue ao marqueteiro Elsinho Mouco, que há muitos anos atua para Temer e para o PMDB.

Segundo o dono da JBS, a quantia foi entregue em espécie em sua casa.

Procurado, o marqueteiro de Temer ainda não pronunciou.

CLICK POLÍTICA – 247

você pode gostar também Mais do autor

1 comentário

  1. ANTONIO Diz

    TEM QUE COLOCAR ESTES BANDIDOS MASCARADOS ATRAS DAS GRADES E SEM FORO PREVÍLEGIADO , PERDA DE MANDATO E FICAR INELEGIVEL POR 8 ANOS E SEM RECEBER NADA ALÉM DE TER OS SEUS BENS CASSADOS E BLOQUEADOS PELA JUSTIÇA , ISTO É , QUANDO HOUVER JUSTIÇAS NESTE PAIS !

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.