DESESPERADO: “Até pelo o amor de Deus. Acabem com a Lava Jato”, implora Padilha

32

Ministro da Casa Civil – cargo mais importante do governo – cobra fim da operação Lava Jato. Eliseu Padilha pede “sensibilidade” a agentes da operação sobre o momento de uma “definição final” das investigações para evitar “efeitos deletérios”. Declaração foi feita após queda de 3º ministro de Temer

A Comissão de Serviços de Infraestrutura (CI) e a Comissão de Desenvolvimento Regional e Turismo (CDR) realizam audiência pública conjunta com a presença do ministro-chefe da Secretaria de Aviação Civil, Eliseu Padilha, para debater as metas, prioridades e perspectivas para o futuro do setor da aviação civil.
Foto: Pedro França/Agência Senado




(Imagem: Eliseu Padilha, ministro-chefe da Casa Civil, é o braço direito de Temer)

O ministro da Casa Civil, Eliseu Padilha, defendeu que a força-tarefa da Operação Lava Jato tenha “sensibilidade” para saber o momento de “caminhar para uma definição final”.

A declaração foi dada nessa quinta-feira (16), em encontro com empresários em São Paulo, um dia após a divulgação dos depoimentos do ex-presidente da Transpetro Sérgio Machado, que envolve mais de 20 políticos, entre eles, o presidente interino Michel Temer (PMDB).

Segundo Padilha, a “sinalização” de que a Lava Jato avança para o seu encerramento é necessária para evitar “efeitos deletérios”. Ontem o governo Temer teve a sua terceira baixa ministerial em decorrência de revelações da operação que investiga o esquema de corrupção na Petrobras. Depois de Romero Jucá (Planejamento) e Fabiano Silveira (Transparência), nessa quinta foi a vez de Henrique Eduardo Alves (Turismo) entregar o cargo.




“Tenho certeza de que os principais agentes da Lava Jato terão a sensibilidade para saber o momento em que eles deverão aprofundar ao extremo e também de eles caminharem rumo a uma definição final. Isso tem que ser sinalizado, porque vimos na Itália, onde não houve essa sinalização, e tiveram, depois do grande benefício que veio, efeitos deletérios que nós não podemos correr o risco aqui”, afirmou o ministro.

Críticos da Operação Mãos Limpas, que inspira o juiz Sérgio Moro na Lava Jato, alegam que as ações da polícia e da Justiça italiana contra políticos acusados de corrupção nos anos 90 abriram caminho para a extinção de grandes partidos, a ascensão do polêmico ex-primeiro-ministro Silvio Berlusconi e o enfraquecimento da legislação anticorrupção.




Padilha elogiou, porém, o trabalho da Lava Jato. “O Brasil será outro, aliás, já está sofrendo esse processo de transformação no que diz respeito ao exercício do poder político”, ressaltou. Após o encontro com os empresários, o ministro disse em entrevista a jornalistas que não estava cobrando o fim da operação.

“O que eu disse é que tenho certeza de que as autoridades da Lava Jato saberão o momento em que deverão pegar, aprofundar e apontar tudo que deve apontar e pensar em concluir. Eu vi e li o que aconteceu com a Operação Mãos Limpas na Itália. Todos eles conhecem tanto quanto eu. Temos que fazer com que tenhamos o melhor resultado possível.”

Durante seu discurso, Padilha defendeu Temer e citou até a deputada Jandira Feghali (PCdoB-RJ), incluída na lista de delatados por Sérgio Machado, para invocar a inocência do presidente interino. “Conheço a deputada Jandira há muitos anos. Tenho certeza de que ela não foi pedir recursos ilícitos ao Sérgio Machado. Se esse raciocínio vale para ela, vale para todos”, comparou.

De acordo com o ministro, as referências de Machado a Temer não causam qualquer tipo de preocupação. “Não há absolutamente nenhum temor em relação à Lava Jato. A citação a Temer é absolutamente gratuita, não teve conversa do presidente Michel Temer sobre recursos para campanha”, declarou.

O ministro da Casa Civil afirmou, ainda, que pelo desgaste das investigações, o candidato favorito ao Planalto em 2018 tende a ser um nome pouco conhecido da população em geral. “Penso que a eleição de 2018 será para alguém que ainda não está no cenário político, alguém que não é uma figura conhecida”, disse.

Fonte: Congresso em Foco

Créditos: Congresso em Foco

você pode gostar também Mais do autor

32 Comentários

  1. other Diz

    I just want to tell you that I am just beginner to blogs and honestly savored your page. Very likely I’m want to bookmark your site . You certainly have fabulous posts. Cheers for sharing your website page.

  2. Roberto Diz

    As noticias precisam ter DATA !!!
    O que significa: “… nesta quinta-feira (16) … ” se o texto não tem DATA ?

  3. Marcos Carneiro Diz

    O Amor de Deus, e Sua Santa Paciência, assim como a da gente comum, já se esgotaram pra essa canalha regiamente paga. É hora do Julgamento, não perceberam isso? Força, juiz Moro, faz a faxina! O Juiz de toda a Terra está com olho fixo em você.

    1. antonio Miguel Diz

      Taca-le o pau Moro!

  4. Marcos Carneiro Diz

    O Amor de Deus, e Sua Santa Paciência, assim como a da gente comum, já se esgotaram pra essa canalha regiamente paga. É hora do Julgamento, não perceberam isso? Força, juiz Moro, faz a faxina! O Juiz de toda a Terra está com olho fixo em você.

    1. antonio Miguel Diz

      Taca-le o pau Moro!

  5. Marcos Carneiro Diz

    O Amor de Deus, e Sua Santa Paciência, assim como a da gente comum, já se esgotaram pra essa canalha regiamente paga. É hora do Julgamento, não perceberam isso? Força, juiz Moro, faz a faxina! O Juiz de toda a Terra está com olho fixo em você.

    1. antonio Miguel Diz

      Taca-le o pau Moro!

  6. Luis Antônio Medeiros Diz

    Na minha opinião, que tem rabo preso que se afaste e nem queira cargo público. hora de gente honesta ter chance e acabar com a hipocrisia. Parar de investigar? que corram. o Brasil tem alguns milhões de homens honestos e capazes.

  7. Luis Antônio Medeiros Diz

    Na minha opinião, que tem rabo preso que se afaste e nem queira cargo público. hora de gente honesta ter chance e acabar com a hipocrisia. Parar de investigar? que corram. o Brasil tem alguns milhões de homens honestos e capazes.

  8. Luis Antônio Medeiros Diz

    Na minha opinião, que tem rabo preso que se afaste e nem queira cargo público. hora de gente honesta ter chance e acabar com a hipocrisia. Parar de investigar? que corram. o Brasil tem alguns milhões de homens honestos e capazes.

  9. Delson Pereira Diz

    A lava jato só pode ser finalizada, quando os delitos existentes e praticados por esse bando de ladrões do dinheiro público for apurado. Não importa quem tiver que cai, afinal de contas nada mais justo que os responsáveis sejam punidos.

  10. Delson Pereira Diz

    A lava jato só pode ser finalizada, quando os delitos existentes e praticados por esse bando de ladrões do dinheiro público for apurado. Não importa quem tiver que cai, afinal de contas nada mais justo que os responsáveis sejam punidos.

  11. Delson Pereira Diz

    A lava jato só pode ser finalizada, quando os delitos existentes e praticados por esse bando de ladrões do dinheiro público for apurado. Não importa quem tiver que cai, afinal de contas nada mais justo que os responsáveis sejam punidos.

  12. Antonio Vieira Filho Diz

    O ACM se referia a esse sujeito como Eliseu quadrilha. Vendo de quem se cercou o ex-presidente do PMDB, o partido historicamente mais corrupto do Brasil, dá para acreditar em alguma coisa que aparente ao menos sinal de boa intenção dessa gente? Lógico que não. São, pelo que a gente vê diuturnamente na mídia, uma verdadeira quadrilha e com planos de doar o País para a multinacionais.

    1. Aniele Diz

      Concordo com você, Antônio Vieira Filho. Não dá para acreditar neste Eliseu quadrilha”, ops, Padilha. A Lava Jato deve continuar firme forte até prender um por um. O caminho é muito longo, pois são muitos, o que não deve é ‘estancar a sangria ‘ e colocar a sujeira para debaixo do tapete. Vamos ficar de olhos bem aberto, e fazer bastante barulho nas redes sociais para que saibam que todos nós estamos acompanhando todo o processo a todo vapor.

  13. Antonio Vieira Filho Diz

    O ACM se referia a esse sujeito como Eliseu quadrilha. Vendo de quem se cercou o ex-presidente do PMDB, o partido historicamente mais corrupto do Brasil, dá para acreditar em alguma coisa que aparente ao menos sinal de boa intenção dessa gente? Lógico que não. São, pelo que a gente vê diuturnamente na mídia, uma verdadeira quadrilha e com planos de doar o País para a multinacionais.

    1. Aniele Diz

      Concordo com você, Antônio Vieira Filho. Não dá para acreditar neste Eliseu quadrilha”, ops, Padilha. A Lava Jato deve continuar firme forte até prender um por um. O caminho é muito longo, pois são muitos, o que não deve é ‘estancar a sangria ‘ e colocar a sujeira para debaixo do tapete. Vamos ficar de olhos bem aberto, e fazer bastante barulho nas redes sociais para que saibam que todos nós estamos acompanhando todo o processo a todo vapor.

  14. Antonio Vieira Filho Diz

    O ACM se referia a esse sujeito como Eliseu quadrilha. Vendo de quem se cercou o ex-presidente do PMDB, o partido historicamente mais corrupto do Brasil, dá para acreditar em alguma coisa que aparente ao menos sinal de boa intenção dessa gente? Lógico que não. São, pelo que a gente vê diuturnamente na mídia, uma verdadeira quadrilha e com planos de doar o País para a multinacionais.

    1. Aniele Diz

      Concordo com você, Antônio Vieira Filho. Não dá para acreditar neste Eliseu quadrilha”, ops, Padilha. A Lava Jato deve continuar firme forte até prender um por um. O caminho é muito longo, pois são muitos, o que não deve é ‘estancar a sangria ‘ e colocar a sujeira para debaixo do tapete. Vamos ficar de olhos bem aberto, e fazer bastante barulho nas redes sociais para que saibam que todos nós estamos acompanhando todo o processo a todo vapor.

  15. Olirio Diz

    Eu entendo que uma investigação ampla, séria e imparcial é muito importante e necessária para o Brasil. Só não concordo com algumas posturas e atitudes do Juiz que a conduz, exemplo: Ser filiado a um partido político, aplicar a seletividade com nomes de envolvidos e ser truculento em outras situações. Pois essas atitudes colocam em dúvidas todo um trabalho que poderia ser justo e exemplar.

  16. Olirio Diz

    Eu entendo que uma investigação ampla, séria e imparcial é muito importante e necessária para o Brasil. Só não concordo com algumas posturas e atitudes do Juiz que a conduz, exemplo: Ser filiado a um partido político, aplicar a seletividade com nomes de envolvidos e ser truculento em outras situações. Pois essas atitudes colocam em dúvidas todo um trabalho que poderia ser justo e exemplar.

  17. Olirio Diz

    Eu entendo que uma investigação ampla, séria e imparcial é muito importante e necessária para o Brasil. Só não concordo com algumas posturas e atitudes do Juiz que a conduz, exemplo: Ser filiado a um partido político, aplicar a seletividade com nomes de envolvidos e ser truculento em outras situações. Pois essas atitudes colocam em dúvidas todo um trabalho que poderia ser justo e exemplar.

  18. Paulo Eugênio Gedoz de Carvalho Diz

    Claudio o trocadilho que eu escuto a + de 20 anos é Quadrilha… não sei se é ou não verdade + sei que o lava-jato vai esclarecer… parece que ele tá com medinho…

  19. Paulo Eugênio Gedoz de Carvalho Diz

    Claudio o trocadilho que eu escuto a + de 20 anos é Quadrilha… não sei se é ou não verdade + sei que o lava-jato vai esclarecer… parece que ele tá com medinho…

  20. Paulo Eugênio Gedoz de Carvalho Diz

    Claudio o trocadilho que eu escuto a + de 20 anos é Quadrilha… não sei se é ou não verdade + sei que o lava-jato vai esclarecer… parece que ele tá com medinho…

  21. Flávio Diz

    A lava jato é a única maneira de melhorar o problema da corrupção que está destruindo nosso país, e a população aposta na continuidade da mesma.Os políticos tem que temer a lei, como diz na constituição, todos são iguais perante a lei, lei essa que eles mesmo fazem, porque não obedecê-las, como se fossem uma casta especial em nossa sociedade.

  22. Flávio Diz

    A lava jato é a única maneira de melhorar o problema da corrupção que está destruindo nosso país, e a população aposta na continuidade da mesma.Os políticos tem que temer a lei, como diz na constituição, todos são iguais perante a lei, lei essa que eles mesmo fazem, porque não obedecê-las, como se fossem uma casta especial em nossa sociedade.

  23. Flávio Diz

    A lava jato é a única maneira de melhorar o problema da corrupção que está destruindo nosso país, e a população aposta na continuidade da mesma.Os políticos tem que temer a lei, como diz na constituição, todos são iguais perante a lei, lei essa que eles mesmo fazem, porque não obedecê-las, como se fossem uma casta especial em nossa sociedade.

  24. Antônio Simões Guedes Diz

    ESTAMOS PASSANDO POR UMA SISTEMÁTICA ..ONDE UM CHORO DE DESPREZO ..NAS SOCIEDADES …DESPERTOU A TERRA SOBRE NOSSOS PÉS. E ABRINDO SUA BOCA SE DESCOBRIU.A FRASE…ORDEM E PROGRESSO.

  25. Antônio Simões Guedes Diz

    ESTAMOS PASSANDO POR UMA SISTEMÁTICA ..ONDE UM CHORO DE DESPREZO ..NAS SOCIEDADES …DESPERTOU A TERRA SOBRE NOSSOS PÉS. E ABRINDO SUA BOCA SE DESCOBRIU.A FRASE…ORDEM E PROGRESSO.

  26. Antônio Simões Guedes Diz

    ESTAMOS PASSANDO POR UMA SISTEMÁTICA ..ONDE UM CHORO DE DESPREZO ..NAS SOCIEDADES …DESPERTOU A TERRA SOBRE NOSSOS PÉS. E ABRINDO SUA BOCA SE DESCOBRIU.A FRASE…ORDEM E PROGRESSO.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.