DIRETA: Dilma diz que quer ser “a primeira mulher presidenta que superou um impeachment sem base”;

1

A presidente Dilma Rousseff acredita na chance de reversão de seu afastamento pelo processo de impeachment e agradeceu o apoio dos que protestam contra o golpe, mas pediu mobilização ainda nos últimos dias antes da votação final, marcada para o dia 29 no Senado.

“Temos que nesse momento final dar um pouco mais de nós. Somos capazes de transformar essa luta em um momento de grandeza”, disse Dilma. “Nós podemos reverter esse jogo”, ressaltou, confiante, aos jornalistas Renato Rovai e Maíra Streit, do Palácio da Alvorada.

Ela lembrou que “o lado certo da história é a democracia” e disse que gostaria de ser lembrada como “a primeira mulher presidenta que superou um impeachment sem base”. Ela voltou a fazer críticas ao governo interino e à retirada de direitos.

Ao longo da entrevista, ela também fez críticas à imprensa tradicional – lembrou que a Globo “tentou construir algo que depois desmoronou” ao “passar a imagem de que as manifestações de rua a favor do impeachment eram todas contra a corrupção”.

“Tentou fazer com que quem fosse contra a corrupção era também contra o impeachment. Essa igualdade passava uma impressão de que ao seguir pra rua você estava salvando o Brasil”, continuou Dilma.

você pode gostar também Mais do autor

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.