FRACASSO: Estudantes de mestrado pensam em abandonar seus cursos, graças ao descaso no governo Temer;

1

De 7.408 bolsas que a Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes) congelou em abril, 43% permanecem suspensas, informa reportagem de Renata Mariz, do jornal O Globo, nesta segunda-feira 1º.

O governo interino de Michel Temer alega que 3.221 incentivos foram bloqueados porque estavam ociosos, argumento que é rebatido pelos estudantes de mestrado e doutorado, que já avaliam abandonar seus cursos.

A presidente da Associação Nacional de Pós-Graduandos (ANPG), Tamara Naiz, diz que casos pontuais de bolsas sem utilização podem até ocorrer, mas isso não significa que a demanda esteja sendo atendida por completo. Segundo ela, diminuir os incentivos não tem justificativa na atual realidade dos programas de pós-graduação do país.

A Capes disse em nota que não há previsão de reativação das bolsas e que o assunto está sendo reavaliado internamente. A agência disse ainda que “a suspensão das 3.221 bolsas do sistema foi efetuada na gestão anterior”.

A suspensão das bolsas de pós-graduação acontece logo após a extinção do programa de bolsas no exterior Ciência Sem Fronteiras para alunos de graduação.

você pode gostar também Mais do autor

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.