Em 2017, um em cada três desempregados no mundo será brasileiro

0

O ano de 2017 não será muito bom para o Brasil em termos de emprego. De acordo com dados da Organização Internacional do Trabalho (OIT), divulgados nesta quinta-feira (12) e obtidos pelo jornal O Estado de S. Paulo, o país será responsável por adicionar 1,4 milhão de desempregados até o fim do ano.

Isso significa que, até dezembro, o Brasil terá 13,8 milhões de trabalhadores fora do mercado. A OIT alerta que, entre 2016 e 2017, serão 3,4 milhões a mais de desempregados em todo o mundo. Destes, 35% serão brasileiros. Ou seja, de cada três novos desempregados no mundo, um será do Brasil.

“As coisas vão piorar no Brasil antes de voltar a melhorar”, alertou Steve Tobin, economista-senior da OIT. Na avaliação do economista, rumores apontam que a economia do Brasil começará a se recuperar apenas em 2018. “Mesmo que o PIB melhore, existe uma reação retardada no mercado de trabalho”, disse. Para a OIT, a crise enfrentada pelo Brasil em 2016 foi “mais profunda que antecipada” e, por isso, não deve terminar em 2017.

você pode gostar também Mais do autor

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.