ESTRADA: Lula diz no Nordeste que o Brasil está sendo vítima de um golpe parlamentar; VEJA!

0

Em encontro com movimentos sociais da Frente Brasil Popular, nesta terça (2), em Natal, o ex-presidente Lula afirmou que o Brasil está “sendo vítima de um golpe parlamentar”. Ele recordou que os deputados, senadores e o vice-presidente Michel Temer sabem que a presidente Dilma Rousseff não cometeu crime nenhum. Mas levam o processo de impeachment adiante porque acreditam que “a forma mais fácil de chegar ao governo é dando um golpe”.

Lula também afirmou que os processo contra a corrupção – que avançaram no Brasil graças a leis e reformas introduzidas em seu governo – devem punir os responsáveis, sejam empresários ou políticos, preservando as empresas e os empregos dos trabalhadores.

“Só quero saber quem vai levar pão, leite, quem vai pagar a conta da luz, quem vai cuidar de milhões e milhões que estão ficando desempregados”, afirmou, numa referência à crise da indústria naval, que já demitiu mais de 40 mil trabalhadores. “É possível combater a corrupção com mais inteligência”, afirmou.

Natal é a segunda escala do ex-presidente Lula em mais uma viagem ao Nordeste, depois de passar por Fortaleza. Além do encontro com a Frente Brasil Popular, Lula participa do lançamento da candidatura de Mineiro (PT) à prefeitura de Natal. Na quarta (3), Lula estará na Bahia.

Abaixo os principais trechos do discurso:

“Qual foi o erro que nós cometemos nesse país? Nosso erro foi dizer que os trabalhadores tinham direitos?”

“Será que foi a gente acreditar que um trabalhador poderia ser presidente da República?”

“Eu queria provar que esse país só iria melhorar se fosse governado por alguém que conhecesse cada região, do Oiapoque ao Chuí”

“Em 12 anos nós conseguimos provar que poderia ser feito o que eles não fizeram em 100”

“A elite brasileira nunca se importou que os pobres estudassem. Para eles os pobres eram instrumento de trabalho”

“Não esqueço de quando o Bush me chamou para conversar. Ele queria fazer guerra contra o Iraque e respondi: a minha guerra é contra a fome”.

“O Nordeste está vivendo uma das piores secas e eu não ouvi falar em nenhuma criança que morreu de fome ou de sede”

“Eles tem raiva pq foram tantos economistas graduados governaram e precisou de um analfabeto para fazer o que eles nunca conseguiram fazer”

“Conseguimos provar que é possível distribuir renda, aumentar salários e gerar muitos empregos”

“Nós transformamos a Petrobras na segunda maior empresa de petróleo do mundo”

“É possível combater a corrupção sem quebrar as empresas? É preciso que a gente investigue a corrupção sem gerar desemprego? Eu acho que é”

“O momento que estamos passando não me desanima. Me anima mais”

“Não tenham medo do Lula, o Lula já tem 70 anos. Tenham medo dessa meninada que está surgindo agora”.

você pode gostar também Mais do autor

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.