GOLPE: Prisão de milhares de juízes na Turquia deixa Gilmar Mendes preocupado

5

O ministro Gilmar Mendes, presidente do Tribunal Superior Eleitoral, com receio de uma reação parecida no Brasil que também vive um golpe jurídico midiático, expressou em nota para imprensa, sua preocupação com a prisão de 2.745 juízes e promotores acusados de terem apoiado o golpe na Turquia. Na nota, Gilmar ressalta a necessidade do governo brasileiro manifestar reação com tais desdobramentos e disse que irá solicitar providências à Comissão de Veneza e ao instituto internacional para Democracia e Assistência Eleitoral (Idea)




As prisões aconteceram neste domingo (17) e foram ordenadas pelo órgão de controle de magistrados e procuradores da Turquia. Os juízes já haviam sido removidos de seus cargos no sábado (16) por suspeitas de ligação com o clérigo Fethullah Gülen, acusado pelo presidente Recep Tayyip Erdogan de ter patrocinado o golpe de Estado no país.

Veja abaixo a íntegra da nota:

Nota à imprensa

A prisão de juízes compromete gravemente o estado de direito e merece o repúdio de todos. Trata-se de uma grave ameaça e, por isso, a justiça eleitoral vai pedir providências à Comissão de Veneza, Comissão Europeia para a Democracia através do Direito, e ao Idea, Instituto Internacional para a Democracia e Assistência Eleitoral.




A Justiça Eleitoral brasileira pugna pela liberdade de expressão e repudia prisões sem individualização de conduta ou destituída de provas.

Maior democracia da América Latina, o Brasil tem uma população superior a 202 milhões de habitantes, sendo necessária uma manifestação firme por parte das autoridades brasileiras a respeito destes graves fatos que atentam contra a garantia dos direitos dos cidadãos da Turquia.

você pode gostar também Mais do autor

5 Comentários

  1. Iran do Carmo Guimrães Diz

    Se no nosso País a JUSTIÇA não tivesse jogado os pratos da balança fora e os presidentes das OAB no BRASIL não compactuassem para que a justiça não seja feita procurando adiar um julgamento que é prioritário para a NAÇÃO, alegando que vão entrar em resseso ou melhor férias dando mais tempo para o réu para ver o que acontece no cenário político mostra claramente que estão agindo como agiram em 1964 dizendo de que lado estão. mais isso não quer dizer que os associados compartilhem do mesmo pensamento golpista, são atos que o POVO e a HISTÓRIA, nunca irá perdoar. PORQUE A JUSTIÇA TEM QUE SER PARA QUEM COMETEU CRIME E NÃO PARA QUEM QUEREMOS INCRIMINAR JULGAR E AO MESMO TEMPO SER O JUIZ E EXECUTOR PARA EMPURRAR O BANCO PARA VELO PENDURADO NA FORCA. NÃO SOMOS DEUS NEM CRIADOR DO UNIVERSO PARA SER E APLICAR A LEI SEGUNDO A NOSSA VONTADE. NÃO CUSTA NADA RESPEITAR A CONSTITUIÇÃO E DEIXAR DE LADO O MARASMO QUE PERPETUA NESSA ENTIDADE.

  2. silvio Diz

    este gilmar esse e o bandido mais bandido do brasil cínico ladrão e cara de pau

  3. John Jahnes Diz

    O POVO BRASILEIRO HONESTO ESPERA QUE ACONTEÇA O MESMO COM ELE.
    NÃO DÁ PARA ENTENDER PORQUE ELE AINDA ESTÁ NO STF E NÃO FOI DEFENESTRADO PELOS SEUS COLEGAS.
    PARODIANDO O QUE DISSE O MINISTRO JOAQUIM BARBOSA:
    “”VOSSA EXCRESCÊNCIA ESTÁ DESTRUINDO O JUDICIÁRIO BRASILEIRO””

  4. Raymundo Santos Diz

    Gilmar Mendes deveria ser preso pela falta de caráter. Este sujeito não é ético. É aproveitador. Usa a posição que tem para impor sua arrogância partidária. Ele tem um lado que não é da lei. Fora Gilvar, perfil duvidoso!

  5. Paulo Rozendo Ferreira Diz

    Porque está com medo O Gilmar Mendes, quem não deve não temer, apesar da Dilma não dever e a acusaram. Seja juiz promotor senador , golpistas deveriam ser fuzilados junto com esses que estão querendo vender as nossas riquezas, Esse povo deveria ser fuzilado em praça pública

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.