INDIGNADO: Sarney diz que Machado é um imoral e que vai processá- lo; CONFIRA!

0

O ex-presidente da Transpetro Sérgio Machado, que gravou conversas do ex-presidente José Sarney (PMDB-AP), do presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL) e do senador Romero Jucá (PMDB-AL) caiu do status de amigo da família de Sarney para a definição de “monstro moral” e “pessoa abjeta” por parte do peemedebista.

As expressões foram usadas em uma nota divulgada por Sarney para se defender das acusações de Machado, de que teria recebido R$ 20 milhões em propina. Uma das gravações feitas por Machado foi feita em um hospital onde Sarney estava internado. Segundo o advogado Antonio Carlos de Almeida Castro, o Kakay, responsável pela defesa de Sarney, o ex-presidente está disposto a processar Sérgio Machado.

A íntegra da nota de José Sarney

Face à publicação pela mídia de que o Senhor Sérgio Machado teria, em delação premiada, afirmado ter dado a mim vinte milhões de reais, venho protestar, desmentir e repudiar tal afirmação.

A total falta de caráter de quem, como meu amigo por mais de vinte anos, frequentando com assiduidade minha casa, almoçando e jantando comigo, e visitando-me sempre, teve a vilania de gravar nossas conversas, até mesmo em hospital, revela o monstro moral que ele é.

Vou processa-lo por denunciação caluniosa, de que sou vítima, pois não existe qualquer envolvimento meu nos fatos investigados pela operação Lava-Jato ou em qualquer outro ilícito. Não descarto a construção de uma armadilha.

A conduta do Senhor Sérgio Machado mostra sua total falta de credibilidade.

Repudio pessoa tão abjeta, que, insisto, vou processar.

você pode gostar também Mais do autor

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.