Temer dá ao PSDB o controle sobre decisões econômicas

1

Em jantar nesta quarta-feira (17), o presidente interino, Michel Temer, fechou com a cúpula do PSDB o controle dos tucanos nas decisões do governo, sobretudo o controle dos gastos públicos. De acordo com o que foi publicado pela coluna poder da Folha de S. Paulo, o acordão fará com que em todas as reuniões no Palácio do Planalto do núcleo econômico do governo, o senador Aloysio Nunes Ferreira (PSDB-SP) esteja presente.

“Eles pediram, com toda razão, uma maior participação no processo de formulação do governo”, disse à Folha o ministro Eliseu Padilha (Casa Civil), que participou do jantar no Palácio do Jaburu do presidente interino com líderes do PSDB.

Segundo Padilha, foi um encontro de “aproximação”, no qual os tucanos manifestaram o desejo de “construir coletivamente” as principais medidas do governo Temer. “O pedido deles é procedente. Eles vão participar mais. Os outros aliados, também”, afirmou o ministro da Casa Civil.

O jantar foi organizado por Temer, numa espécie de ‘pagamento’ a vitória na votação do afastamento da presidente afastada Dilma Rousseff. Temer também já afirmou, apesar de óbvio já que está inelegível, que não será candidato em 2018. Isso deixa claro a intenção de deixar o caminho livre para os verdadeiros governantes atualmente no Brasil.

você pode gostar também Mais do autor

1 comentário

  1. Geraldo Lobo Diz

    Noutras palavras: entregam as privatizações àqueles que mais entendem delas pois já privatizaram antes quase 70% do que havia. Quer dizer: adeus petrobras, adeus a todas as demais que ainda existam por aí. Vão ser entregues aos gringos, e pronto! E POR PREÇO DE BANANA !!! NÓS QUE PAGAMOS POR TODAS DE NOSSO BOLSO, DIRETA OU INDIRETAMENTE! ISSO É SAFADEZA! ! !

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.