LAVA JATO: Serra e Geddel podem cair no governo Temer; CONFIRA!

1

O Palácio do Planalto já trabalha com o cenário de queda de dois dos principais ministros do governo interino: Geddel Vieira Lima, que faz a articulação política, e o chanceler José Serra. Os dois seriam os mais vulneráveis nas novas delações que estão saindo do forno.

Quem informa é jornalista Fernando Rodrigues, em seu serviço privado de informações políticas chamado Drive. Confira abaixo as notas publicadas por ele numa edição extraordinária nesta sexta-feira:

Ministros alvejados
Cresce no Planalto a sensação de que alguns ministros de fato não resistem mais 2 meses no cargo por causa das revelações nos depoimentos de delatores da Odebrecht e da OAS.

José Serra e Geddel Vieira Lima
Os ministros das Relações Exteriores e da Secretaria de Governo são considerados os mais vulneráveis. Ambos negam irregularidades.

As provas e Michel Temer
Por enquanto, nada
A força-tarefa da Lava Jato não encontrou materialidade nas acusações de delatores que citam o presidente interino como destinatário de dinheiro ilegal. Michel Temer nega irregularidades.

Impeachment e Lava Jato
Armagedon no final de agosto
Tudo conspira para que mais vazamentos da Odebrecht e da OAS ocorram exatamente na última semana de agosto. É quando será o julgamento final de Dilma Rousseff no Senado.

você pode gostar também Mais do autor

1 comentário

  1. More hints Diz

    I simply want to say I’m all new to blogging and site-building and truly loved this website. Most likely I’m likely to bookmark your site . You definitely come with impressive article content. Many thanks for revealing your blog.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.