Lindbergh diz que Moro não investiga delações contra PSDB

2

O senador Lindbergh Farias (PT-RJ) criticou em sua conta no Twitter nesta quinta-feira 22, quando foi preso o ex-ministro Guido Mantega, a parcialidade da Operação Lava Jato contra o PT.

“Tucanos citados inúmeras vezes sequer são investigados. Cunha segue solto. Mantega, citado em uma delação, é preso com a mulher no hospital”, postou Lindbergh.

Mantega acompanhava a esposa, que fez tratamento contra um câncer, em uma cirurgia no Hospital Albert Einsten, na capital paulista. O ex-ministro acompanhou a equipe da Polícia Federal até seu apartamento, onde foram realizadas buscas, e seguiu para a sede da PF, de onde será levado para Curitiba.

“Procurador reconhece: pediu prisão preventiva, ‘ganhou’ o direito de prender Mantega temporariamente. É um jogo de tentativa e erro. Objetivamente, Mantega foi preso para ‘averiguação’. Ação muito comum em ditaduras. E segue a farsa ‘organização criminosa’ sem provas”, postou ainda Lindbergh.

O senador disse também que a “Lava Jato funcionou contra o PT antes do impeachment. Tirou férias após o golpe, e volta seu foco pro PT às vésperas das eleições”. “A operação de hoje tem um objetivo claro: criar agenda anti-esquerda na reta final das eleições. Devia se chamar Operação BOCA DE URNA”, protestou.

você pode gostar também Mais do autor

2 Comentários

  1. Mauricio Diz

    Esse ChorãoDbergh adora encenações, adora aparecer! Um idiota, apenas isto!

  2. weliton Diz

    Estamos vivendo uma ditadura do moro . Somente contra o pt.ele já deixou bem claro que quer acabar com o PT. Como pode um juiz desses rapaz .será que existé alguma lei que possa punir esse juiz. Várias delaçoes contra Temer, jucá , renan, Cunha, i o pentacampeão aercio. Vamos pedir ajuda a quem mais .ao supremo kkkkkkkk . Temos que pedir aos russos pra mandar umas tropas pra cá. Pq os americanos gostaram do golpe .

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.