CASO MANTEGA: Lula diz que povo dará troco à golpistas;

0

O ex-presidente Lula voltou a criticar, durante discurso em Natal (RN), onde apoia o candidato Mineiro à Prefeitura, a prisão realizada nesta quinta-feira 22 do ex-ministro Guido Mantega, que estava no hospital acompanhando a esposa, com câncer, em uma cirurgia. A prisão, no âmbito da Lava Jato, foi revogada horas depois pelo juiz Sérgio Moro.

“Não se preocupem com esse negócio de investigação. Eles vão ter que provar. Agora não façam o que fizeram com o Guido hoje. Prenderam para soltar três horas depois. Isso não tem desculpa. Isso se chama autoritarismo, prepotência”, discursou o ex-presidente. Mais cedo, ele havia dito em entrevista à Rádio do Povo, do Ceará, que prender Mantega em um hospital é jogar humanitarismo no lixo.

Em Natal, Lula voltou a apontar perseguição contra o PT, mas assegurou que “eles podem acabar com cada um de nós, mas as nossas ideias não vão morrer nunca”. “Tentar aniquilar o PT e criminalizar a esquerda é não ter noção”, criticou. “Nosso partido é perseguido porque o povo pobre conquistou a cidadania e dignidade. E esse é um legado que eles não vão conseguir acabar”, acrescentou.

Sobre eleições, ele também pediu aos eleitores que condenem o voto aos golpistas. “Não podemos aceitar que as mesmas pessoas que deram um golpe na Constituição venham pedir o voto de vocês na maior cara de pau”, disse.

você pode gostar também Mais do autor

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.