MAIS CRISE: Aécio tem novo mal estar com Temer; CONFIRA!

0

A posição do presidente Michel Temer em adiar o envio do projeto de reforma da Previdência para depois das eleições abriu uma nova crise na relação do Planalto com o PSDB, principal aliado do governo. A proposta é polêmica, pois prevê idade mínima de 65 anos para a aposentadoria. Em um jantar com líderes da base aliada na semana passada, Temer avisou que pretende apresentar a reforma provavelmente até o fim deste mês.

De acordo com o jornal A Tarde, apesar de se tratar de uma proporta delicada, o PSDB, que ocupa a liderança do governo no Senado, diz que não foi informado da intenção de Temer de adiar o processo. “Se optaram por enviar após a eleição, paciência. Eu preferia discutir esse assunto o mais rápido possível”, disse o senador Aécio Neves (MG), que também é presidente do PSDB.

O tucano ainda mandou um recado um tanto ameaçador ao governo: ou Temer assume o ajuste fiscal, ou o PSDB desembarca da base aliada. “O governo deve ter suas razões (para o adiamento), mas não pode sinalizar para a perda da prioridade do ajuste fiscal”, afirmou Aécio em conversa com jornalistas no Palácio dos Bandeirantes.

você pode gostar também Mais do autor

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.