Mau investimento: O homem que ganhou na loteria optou por um caminho que poderá levá-lo à prisão perpétua;

1

Um homem nos Estados Unidos se declarou culpado da acusação de tráfico de drogas após gastar em metanfetaminas grande parte dos US$ 3 milhões (cerca de R$ 9,7 milhões, em valores atuais) que havia ganhado na loteria.

Ronnie Music, de 45 anos, faturou o prêmio em fevereiro de 2015, após comprar uma “raspadinha” em sua cidade natal, Waycross, no Estado da Georgia. “Music decidiu tentar a sorte aplicando milhões de dólares de seus ganhos na loteria no comércio de metanfetaminas”, disse nesta semana o promotor Ed Tarver.
“Como resultado de seu investimento infeliz, Music deverá enfrentar décadas em uma prisão federal”, acrescentou.

Em setembro de 2015, cúmplices de Music foram detidos ao comercializar uma carga de metanfetamina – droga sintética de fácil fabricação caseira – estimada em US$ 500 mil.

Policiais apreenderam mais de US$ 1 milhão en metanfetaminas, armas, munição, veículos e cerca de US$ 600 mil em espécie, segundo a Promotoria.

A investigação do caso revelou que Music comprou as metanfetaminas com o dinheiro da loteria, para revenda, e trabalhava com outros suspeitos para distribuí-la na região do condado de Ware, onde fica Waycross. O ganhador pode agora ter que cumprir uma pena de prisão perpétua.

“Compro bilhetes (de loteria) de vez em quando. Até agora não acredito”, disse Music na época do sorteio, segundo nota divulgada pela organizadora do prêmio.

Ele também disse na ocasião que pretendia economizar parte do dinheiro com sua mulher. Acabou investindo para tentar multiplicar seus ganhos, mas o risco foi alto demais.

A sentença máxima prevista para o caso é prisão perpétua, mas a decisão virá após investigações complementares.

você pode gostar também Mais do autor

1 comentário

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.