MISTÉRIO: Collor termina discurso, porém não declara posição sobre impeachment

1

Com eloquência e citação de pensadores, o senador Fernando Collor (AL) terminou seu pronunciamento em tom misterioso: falou em mudança, mas não esclareceu se votará contra ou a favor da conversão da presidente afastada Dilma Rousseff em ré.

Durante os dez minutos de seu discurso na sessão de análise do relatório do senador Antonio Anastasia (PSDB-MG), Collor passou a maior parte do tempo fazendo críticas ao governo de Dilma, que considerou ser “desconectado da realidade”. Ele ainda responsabilizou a gestão do PT pelas crises política e econômica e indicou que concorda com a ocorrência de crime de responsabilidade com as pedaladas fiscais. O senador disse que “permitiu-se de forma tácita a infração da lei”.

— O resultado dos últimos anos do governo afastado foi um verdadeiro portfólio de desastres — afirmou.

Em mais de uma passagem, Collor recordou o fato de ter sido alvo de um processo de impeachment em 1992, quando ele foi afastado da presidência da República.

— Me condenaram politicamente e fui absolvido criminalmente na Suprema Corte.

você pode gostar também Mais do autor

1 comentário

  1. Sculder Diz

    Esse aí é Senador pokemon. De bolso. Se pagar bem leva .Votará pelo Impeachment.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.