Mortes em presídio de Roraima são destaque na imprensa internacional e mundo fala em desastre no governo brasileiro

0

A imprensa internacional destacou o novo massacre envolvendo detentos em uma penitenciária brasileira. Ao menos 33 presos morreram na madrugada desta sexta-feira (6) na Penitenciária Agrícola de Monte Cristo, a maior de Roraima.

De acordo com o secretário de Justiça e Cidadania, Uziel Castro, não houve rebelião, e a matança seria de responsabilidade de presos do Primeiro Comando da Capital (PCC) que estavam concentrados neste centro de detenção.

É a segunda tragédia em penitenciárias brasileiras em menos de uma semana. Uma rebelião deixou 56 mortos no Complexo Penitenciário Anísio Jobim (Compaj), em Manaus, no primeiro dia do ano, no “maior massacre do sistema prisional” registrado no Amazonas.

Os jornais americano “New York Times”, o espanhol “El País”, o argentino “Clarín” e as redes de TV britânica BBC e americana “CNN” repercutiram o massacre na cadeia de Roraima. O massacre na penitenciária de Manaus também tinha sido destacado pela imprensa mundial.

G1

você pode gostar também Mais do autor

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.