MPF DEVE EXPLICAÇÕES! Kakay acusa Janot de ter traído Joesley e Wesley ‘para se limpar’

0

Os irmãos Batista, donos da JBS que foram presos nos últimos, confiaram no Estado brasileiro, mas foram traídos.

É o que aponta, em nota, o advogado Antonio Carlos de Almeida Castro, o Kakay:

Os irmãos Wesley e Joesley Batista fizeram delação e entregaram centenas de documentos, assumiram inúmeros crimes e tiveram, na análise do Procurador-Geral da República, o beneficio da imunidade total pois a efetividade da delação foi considerada absolutamente perfeita.

É claro que poderiam ter feito um anexo na delação sobre esta investigação que resultou na prisão, sobre suposto uso de informação privilegiada.

Se existisse qualquer irregularidade, eles teriam acrescentado um anexo, o que levaria a imunidade completa também sobre este fato. Parece óbvio que não fizeram porque não há crime algum.

Poderiam ter evitado a investigação e estariam hoje sob o manto da imunidade.

Mas confiaram no Estado; afinal de contas, estavam tratando com o Ministério Publico Federal. A prisão surpreende e causa indignação pois é absolutamente desnecessária.

Eles sempre se colocaram à disposição do MP e do Judiciário. Se existisse qualquer hipótese de ” insider trading”, eles certamente teriam incluído os fatos na delação para obterem a imunidade. A defesa segue confiando no Judiciário.

CLICK POLÍTICA com informações do brasil247

você pode gostar também Mais do autor

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.