NOVO LAR: Cunha deixa residência oficial da Câmara e vai para um apartamento funcional como todos os outros deputados;

0

O deputado afastado e ex-presidente da Câmara Eduardo Cunha (PMDB-RJ) entregou nesta segunda-feira (1) as chaves da residência oficial a que tinha direito como presidente da Casa. Agora, mesmo afastado, ele irá residir em um apartamento funcional como todos os demais parlamentares em Brasília.

Cunha renunciou à presidência da Câmara no dia 7 de julho, meses após o seu afastamento e a suspensão do seu mandato terem sido determinadas pelo Supremo Tribunal Federal (STF). Após a renúncia, ele teria 30 dias para deixar o local. O prazo terminaria no próximo dia 6.

Segundo as normas da Câmara, somente os parlamentares no pleno exercício do mandato possuem direito a apartamento funcional ou ao auxílio-moradia no valor de R$ 4.253. Mas, segundo o primeiro-secretário da Câmara, Beto Mansur (PRB-SP), a Mesa Diretora da Câmara entende que como a decisão do STF pelo afastamento do peemedebista é em caráter liminar não há desrespeito a norma.

“Entendemos que não [estamos desrespeitando a regra], até porque ele está afastado liminarmente e não houve uma determinação específicia por parte do Supremo no sentido de que maneira ele estaria afastado”, justificou o primeiro-secretário.

você pode gostar também Mais do autor

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.