POLÊMICA: Consultoria afirma que Cunha é uma ameaça ao governo Temer; VEJA!

1

A consultoria de risco político Eurasia analisa que o governo Michel temer corre um “grande risco” com a perspectiva de cassação do deputado afastado e ex-presidente da Câmara Eduardo Cunha (PMDB-RJ), cuja sessão de votação pela perda do mandato será realizada na noite desta segunda-feira (12). O risco, segundo a Eurasia, está na possibilidade de Cunha, uma vez cassado, negociar uma delação premiada no âmbito da Operação Lava Jato, o que derrubaria as bases do governo do peemedebista.

Segundo os analistas Christopher Garman, João Augusto de Castro Neves e Filipe Gruppelli Carvalho, o parlamentar mentiu sobre o fato de não receber propinas originárias de desvios na Petrobras, mas também de ter negado possuir contas no exterior. O relatório da Eurasia destaca, ainda, que Cunha protelou ao máximo o processo sobre sua cassação, além de ter deflagrado o impeachment da presidente eleita Dilma Rousseff “para tirar atenção de seus próprios problemas legais”. Em maio, o Supremo Tribunal Federal (STF) destituiu o parlamentar da presidência da Câmara.

Para a Eurasia, os aliados de Cunha deverão tentar novas manobras para tentar impedir a votação, apesar de considerar pequena a chance de sucesso. Ainda segundo a consultoria, a cassação de Cunha poderá colocar o governo Temer em uma situação complicada, já que ele poderá firmar um acordo de delação premiada.

“O medo entre líderes partidários é que Cunha possa implicar ministros do governo Temer ou mesmo o próprio presidente em um esforço desesperado para reduzir sua sentença”, diz a consultoria. O fator Cunha é um dos principais pontos considerados pela Eurasia para manter em 20% as chances de Temer não conseguir concluir o mandato.

você pode gostar também Mais do autor

1 comentário

  1. Hindenburg Diz

    Ficaste abandonado feito um Cão Leproso, cadê seus amigos ? Está na hora de devolver o Carinho que eles tiveram contigo.Mostre aqueles que tu Sustentavas e que te deixarão na Pista a mercê da própria sorte.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.