PPS: Roberto Freire é acusado de empregar derrotados em ministério

0

Do Brasil247

Sob o comando de Roberto Freire, o ministério da Cultura está virando território do PPS, seu partido.

Nomeado em 30 de março para o cargo de coordenador-geral de institucionalização em uma secretaria do Ministério da Cultura, Eliseu de Oliveira Neto é o mais recente nome do PPS a integrar a pasta comandada por Roberto Freire, presidente licenciado da sigla.

Com Oliveira Neto -que tentou se eleger vereador no Rio de Janeiro (RJ) em 2012, são ao menos 18 correligionários atuando em assessorias, secretarias, diretorias, entidades vinculadas e representações regionais da pasta. Dez foram nomeados apenas nos três primeiros meses de 2017.’

você pode gostar também Mais do autor

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.