PRA RIR: Na ONU, Temer diz que não sabe o que é corrupção, “Eu era um vice decorativo”

2

Ao participar de entrevista coletiva em Nova York, Michel Temer foi questionado sobre escândalos recentes de corrupção no Brasil e disse que não sabia de nada.

Temer afirmou que desconhecia qualquer esquema de corrupção no governo federal, antes de assumir a presidência, embora comandasse o PMDB, que tinha nada menos que sete ministérios na administração Dilma Rousseff – alguns deles, como o de Minas e Energia, envolvidos em obras como de Angra 3 e Belo Monte.

“Não sabia. Vocês sabem que eu não tive participação no governo. Um dia eu mesmo me rotulei de vice-presidente decorativo porque eu não tinha participação. Não acompanhava nada disso”, afirmou.

Na delação de Marcelo Odebrecht, o próprio Temer foi citado por pedir uma doação de R$ 10 milhões, em pleno Palácio do Jaburu, que teria sido entregue, como caixa dois, parcialmente, a um de seus principais auxiliares, o ministro Eliseu Padilha

você pode gostar também Mais do autor

2 Comentários

  1. Atila Jose Diz

    Se ele está inelegível, não deve ser a toa.

  2. E. Guimaraes Diz

    A redação do “Click Política” publica esta nota, e a termina de forma extremamente soft, em relação ao sr. #ForaTemer. Citar somente sobre ele “ter pedido uma doação de 10 milhões” é o mesmo que inocentá-lo. Desconhecem, os senhores redatores, o tamanho do rombo que nos causa o “Esquema Temer”, ou seja, o “Esquema do Porto de Santos”, o qual ele controla há décadas? E prefiro nem comentar sobre restante ao qual ele também está envolvido.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.