QUEIMA DE ARQUIVO? Envolvido no esquema do avião de Eduardo Campos é envenenado; CONFIRA!

0

O empresário Paulo César de Barros Morato, foragido da Operação Turbulência e encontrado sem vida no dia 22 de junho em um motel em Olinda (PE), morreu por envenenamento; a causa da morte foi confirmada nesta quinta (30) pela Polícia Científica de Pernambuco; a conclusão é de exames de DNA, histopatológico e toxicológico realizados nas vísceras do empresário.

Segundo a polícia, não há a como saber, por enquanto, se Morato foi envenenado por alguém ou se tomou o veneno sozinho; a substância encontrada no corpo de Morato é o organofosforado, presente na composição de um inseticida conhecido como chumbinho; nenhum representante da Secretaria de Defesa Social de Pernambuco ou da Polícia Científica deu entrevistas sobre o caso; Morato é considerado o “testa de ferro” da organização criminosa suspeita de levar dinheiro para as campanhas do ex-governador Eduardo Campos; o governador Paulo Câmara (PSB) era contra a federalização da investigação.



você pode gostar também Mais do autor

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.