Querendo pegar Lula, Moro deve enquadrar João Santana e Mônica Moura

0

Dentro das investigações sobre a suspeita de recebimento de propina, por parte do ex-ministro Antonio Palocci, para favorecer a Odebrecht, o ex-marqueteiro do PT João Santana e a mulher dele, Mônica Moura, prestam depoimento, nesta terça-feira (18), ao juiz Sérgio Moro.

O interrogatório terá início às 16 horas, na sede da Justiça Federal do Paraná, em Curitiba. O casal, que assinou acordo de delação premiada no início do mês, chegou a ser preso, em uma das fases da Lava Jato, mas deixou a cadeia em agosto do ano passado.

De acordo com informações do portal G1, os dois já foram condenados a 8 anos de prisão cada, por lavagem de dinheiro.

Moro, que é responsável pelos processos da Lava Jato na primeira instância, ouve os réus a partir das 16h desta terça, na sede da Justiça Federal do Paraná, em Curitiba.

Além de Palocci, estão entre os réus o ex-tesoureiro do PT João Vaccari Neto, o ex-diretor de Serviços da Petrobras Renato Duque e o ex-presidente da Odebrecht Marcelo Odebrecht. Os quatro estão presos.

você pode gostar também Mais do autor

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.