SANGUE NO OLHO! Lula detona Bolsonaro e diz que vai acabar com monopólio da Globo a partir de 2019; CONFIRA!

0

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) afirmou nesta sexta-feira (11) que ele e a ex-presidente Dilma Rousseff (PT) erraram por não terem levado em frente o projeto de regulação dos meios de comunicação. Em discurso durante evento na FND (Faculdade Nacional de Direito), da UFRJ (Universidade Federal do Rio de Janeiro), o líder petista fez críticas ao trabalho da imprensa e também disse que a estratégia de seus opositores acabou por “parir” a candidatura de Jair Bolsonaro (PSC-RJ), tido por ele como um político de extrema-direita.

“A Dilma errou e eu errei quando não fizemos a regulação dos meios de comunicação. Eles têm que saber que eles vão ter que trabalhar muito para não deixar que eu volte a ser candidato. Se eu for candidato, eu vou ganhar e vou fazer a regulação dos meios de comunicação”, afirmou.

Dilma barrou projetos sobre o tema em seu primeiro mandato. Já no segundo chegou a debater a eventual regulamentação econômica da mídia, com base no fato da Constituição impedir a formação de monopólios ou oligopólios nos meios de comunicação. Na ocasião, críticos disseram que mudanças poderiam resultar em controle da imprensa e restrições à liberdade de expressão. As propostas de modificação na lei não avançaram.

“Juntar os cacos”
Para Lula, para ter chances de vencer o pleito do ano que vem e regressar à chefia do Executivo nacional, a esquerda precisa “juntar os cacos” e se unir para duelar com o que ele considera ser uma corrente conservadora. “Tudo que eles [seus opositores] fizeram no país contra nós foi parir o Bolsonaro”, disse. “Eles já sabem qual é o defeito do Bolsonaro. (…) É o que eles deixaram”, disse.

Na última pesquisa Datafolha para as eleições de 2018, publicada no fim de junho, Lula aparece na liderança nos cenários atualmente mais prováveis, com Bolsonaro e a ex-ministra Marina Silva (Rede) empatados em segundo lugar.
Pouco antes de Lula assumir o microfone no evento, Dilma -destituída do cargo após processo de impeachment- também alfinetou o hoje pré-candidato à Presidência da República. “Eles [PSDB] são tão irresponsáveis que acabaram por viabilizar o que há de mais conservador neste país, que é o Bolsonaro”, disse ela.

Fonte: UOL

você pode gostar também Mais do autor

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.