SEM ESCRÚPULOS? Testemunha de acusação de Cunha diz que o mesmo o coagiu e o chantageou friamente; VEJA!

1

O empresário Júlio Camargo, testemunha de acusação do deputado afastado Eduardo Cunha (PMDB-RJ), declarou em depoimento ter sido coagido, extorquido e chantageado “de maneira muito elegante” pelo peemedebista.

Ele voltou a dizer que o motivo para não ter citado o peemedebista em seu primeiro depoimento e depois ter mudado a versão, incluindo o nome de Cunha em irregularidades, foi “medo”.

“Simplesmente um fator: medo, receio. Toda pessoa que é razoavelmente inteligente ou não é demente tem que ter [medo]”, disse. “E o meu medo, o meu receio, não era físico, o meu receio era de uma pessoa poderosa, agressiva, impetuante (sic) na sua cobrança, contra minha família e meus negócios e das minhas representadas”, completou Camargo.

“A pessoa que se apresenta dessa maneira, que me coage, me extorque, me chantageia de maneira muito elegante”, acrescentou o delator, segundo trechos de sua fala divulgadas pela TV Globo, que teve acesso ao depoimento.

No depoimento, prestado na última segunda-feira, Camargo também contou um relato de Cunha a ele, de que sustentava 200 deputados.

você pode gostar também Mais do autor

1 comentário

  1. Fernando Aurelio Maria Guimarães Diz

    De um em um as máscaras estão caindo, e o povo iludido , manipulado pensando em eleições.
    Eles são vedetas e viraram manchetes de jornais, alguns se gabam como por exemplo o chefe Lula da organização criminosa.que vivem na margem da pobreza, pela desnutrição
    Enquanto isso os preços da sexta básica voa pelos ares e poder aquisitivo do povo caem verticalmente.
    O povo que vivem a margem da pobreza, pela desnutrição e falta de oportunidades, pelo sofrimento em ver os filhos assassinados ora por bandidos ora por policiais despreparados, ou mesmo nas beiras de estradas vendendo próprio corpo ou nos lixões a cata de sobras de comida do desperdício dos mais ricos.
    O povo vai acabar perdendo as esperanças, submetendo a ditadura comunista.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.