SERÁ QUE ELE ACEITA? Mulher de Cunha pede que Moro transfira ação contra ela para o Rio

1

A esposa do deputado afastado Eduardo Cunha, Cláudia Cruz, pediu nesta quinta-feira (14) ao juiz Sérgio Moro que envie o processo a que ela responde na Justiça Federal do Paraná para o Rio de Janeiro.

De acordo com a defesa de Claudia, os fatos que compõem a denúncia contra ela não poderiam ser apurados fora do local onde supostamente foram cometidos.

A reportagem do G1 destaca que Cláudia Cruz é acusada de lavagem de dinheiro e evasão de divisas.




O Ministério Público Federal (MPF) entende que a esposa de Cunha recebeu do marido em uma conta no exterior valores desviados no esquema de corrupção da Petrobras. Segundo as investigações, Cláudia utilizou os recursos para pagar faturas de cartões de crédito que continham gastos luxuosos.

Moro já aceitou a denúncia do MPF e os advogados de Cláudia Cruz apresentaram uma defesa prévia pedindo que o juiz reveja a decisão, ou que a absolva sumariamente.

A nova petição entregue pela defesa da Cláudia afirma que não há qualquer indicativo de correlação entre os fatos apurados na denúncia, ou seja, a suposta incompatibilidade patrimonial dela, com o esquema criminoso da Petrobras.




Os advogados também argumentam que fatos sem relação direta com o esquema de corrupção devem, segundo o STF, seguir as regras de fixação de competência que apontam o local do crime como parâmetro para decidir quem irá investigar.

você pode gostar também Mais do autor

1 comentário

  1. Eduardo Almeida Diz

    Melhor transferir para Suíça…

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.