Sete são presos em operação contra exploração sexual infantil no RS

0

A Polícia Civil do Rio Grande do Sul desencadeou, entra a tarde de quinta-feira (19) e a madrugada desta sexta-feira (20), uma operação contra a exploração sexual de crianças e adolescentes em 14 cidades gaúcha. Sete pessoas foram presas por exploração sexual, estupro e também por porte de arma.

Conforme a delegada diretora da Delegacia de Polícia para Crianças e Adolescentes (Deca), Adriana Regina da Costa e sete adolescentes foram encontrados em locais de exploração sexual ou frequentando os estabelecimentos.

“A situação da exploração sexual (de crianças e adolescentes) ocorre de forma mais velada, não tem mais tanta exposição, mas ainda existe agenciamento, o que dificulta o nosso trabalho”, conta Adriana.

Ela relaciona ainda alguns casos de desaparecimento de adolescentes, principalmente com idades entre 15 e 17 anos, que podem estar por trás de agenciamento de adolescentes para exploração sexual.

“Durante a operação encontramos em Passo Fundo (no Norte do Rio Grande do Sul) uma adolescente que havia desaparecido em Porto Alegre”, conta a delegada.

Ainda de acordo com a delegada, outras cinco pessoas foram presas no mês de maio, por exploração sexual em ambiente doméstico. “Era o caso do pai que estuprava as filhas, e que depois passou a abusar das netas, que eram filhas dele”, conta a delegada.

A operação denominada Cinderela ocorreu em 130 locais diferentes.

você pode gostar também Mais do autor

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.