TURQUIA: Dilma diz que governo eleito tem que ser respeitado

0

A presidente eleita Dilma Rousseff se manifestou na manhã deste sábado 16 sobre a tentativa de golpe militar na Turquia, que ocorreu na noite desta sexta nas cidades de Istambul e Ancara.

“A tentativa de golpe na Turquia é preocupante. Um governo eleito não pode ser derrubado. Nem pela violência. Nem por artimanhas jurídicas”, afirmou Dilma pelo Twitter.

“O presidente Erdogan foi eleito pelo povo da Turquia”, lembra a presidente. “No Brasil, o impeachment tem de ser repudiado. Democracia é preservar a vontade popular”, defendeu em seguida.




A tentativa de tomada de poder pelos militares deixou 265 mortos e 1.440 feridos até o momento. Segundo o primeiro-ministro turco, Binali Yildirim, 20 militares que lideraram o golpe foram assassinados e 2.839 soldados foram presos.

O ato do Exército turco, porém, foi abortado pela reação popular. Turcos foram às ruas e chegaram a subir ou deitar-se em frente a tanques de guerra.

Em discurso à população em Istambul, na noite de ontem, Erdogan mandou um recado aos golpistas: “há um governo eleito aqui”. Depois, em entrevista à CNN, ele declarou: “Não devemos ser confundidos com algum país da América do Sul ou da África”.

você pode gostar também Mais do autor

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.