STF: Fux analisa investigações contra Romário, Jutahy e Maia; CONFIRA!

6

O ministro Luiz Fux, do Supremo Tribunal Federal (STF), foi designado, por sorteio, para analisar um pedido da Procuradoria Geral da República (PGR) para investigar o senador Romário (PSB-RJ) e os deputados federais Rodrigo Maia (DEM-RJ) e Jutahy Júnior (PSDB-BA).

O ponto de partida para o Ministério Público solicitar a investigação dos três políticos foi a troca de mensagens entre o presidente licenciado do Grupo Odebrecht, Marcelo Odebrecht, e o ex-presidente da construtora OAS Léo Pinheiro.

Com base nas mensagens telefônicas, o procurador-geral da República, Rodrigo Janot, quer autorização do Supremo para investigar Romário, Maia e Jutahy por corrupção passiva e lavagem de dinheiro.

O nome de Romário apareceu na troca de mensagens entre Marcelo Odebrecht e seu subordinado Benedicto Barbosa da Silva Júnior, descobertas no ano passado, quando o empreiteiro foi preso pela Operação Lava Jato. Benedicto também chegou a ser preso. A Polícia Federal encontrou com o funcionário da Odebrecht planilhas com o controle de valores distribuídos a mais de 200 políticos.

Ele teria recebido doação ilegal da construtora Odebrecht para sua campanha ao Senado em 2014. A construtora teria doado R$ 100 mil ao parlamentar não declarados à Justiça.

O nome de Rodrigo Maia também aparece em mensagens encontradas no celular de Léo Pinheiro. “A doação de 250 vai entrar?”, diz Maia ao empreiteiro. Dois dias depois, mostram as mensagens, o deputado do DEM insiste com o então presidente da OAS: “Se tiver ainda algum limite pra doação, não esquece da campanha aqui”, escreveu o parlamentar fluminense a Léo Pinheiro.

Oficialmente, também não aparece doação da OAS para Rodrigo Maia na Justiça Eleitoral.

O MP descobriu que Jutahy Júnior marcou uma reunião com Léo Pinheiro em um dia e, no outro, recebeu doação de R$ 30 mil.

Depois, em uma mensagem ao executivo da OAS, o deputado tucano questiona quando receberia a segunda parte. “Caso seja possível, gostaria de sua ajuda pra que Varjão (OAS) completasse o combinado. Desde já, agradeço a grande ajuda que vocês deram a minha campanha”, escreveu Jutahy em mensagem telefônica.

Como não houve uma segunda doação oficial, o Ministério Público apura se houve pagamento a algum fornecedor do deputado do PSDB.

você pode gostar também Mais do autor

6 Comentários

  1. Waldo Maniatis Diz

    Ayant été déjà victime des procédures de prêt couteux et long, je me suis donc finalement tourné vers MEILLEUR CREDIT qui a su me proposer un prêt rapide et sans AUCUN FRAIS à l’avance.Veuillez visiter leur site ( http://www.meilleur-credit.net )

  2. escorts girls in delhi Diz

    Heya are using WordPress for your blog platform? I’m new to the blog world but I’m trying to get started and set up my own. Do you need any html coding expertise to make your own blog? Any help would be really appreciated!

  3. a fantastic read Diz

    I just want to tell you that I’m beginner to blogs and absolutely loved this web-site. More than likely I’m planning to bookmark your website . You definitely have fabulous article content. Cheers for sharing with us your blog.

  4. antonio polidorio Diz

    deveriam tambem investigas a tal tia erom quem sabe se ela tambem num ganhou dos amigos do cunha e dele tambem bastante dindin ilegal pra suas campanhas sem ser declarados.alguem ai cutuca quem pode ver isso.

  5. antonio polidorio Diz

    deveriam tambem investigas a tal tia erom quem sabe se ela tambem num ganhou dos amigos do cunha e dele tambem bastante dindin ilegal pra suas campanhas sem ser declarados.alguem ai cutuca quem pode ver isso.

  6. antonio polidorio Diz

    deveriam tambem investigas a tal tia erom quem sabe se ela tambem num ganhou dos amigos do cunha e dele tambem bastante dindin ilegal pra suas campanhas sem ser declarados.alguem ai cutuca quem pode ver isso.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.