TEMER MATA OS POBRES DE FOME! Com redução de 543 mil benefícios em 1 mês, Bolsa Família tem maior corte da história

1

Do UOL:

O número de beneficiários pagos pelo Bolsa Família em julho registrou a maior redução em relação a um mês anterior desde o lançamento do programa, em 2003. Entre junho e o mês passado, o número de benefícios encolheu em 543 mil famílias. Segundo apurou o UOL, o corte inclui suspensões para avaliação e cancelamentos.

Ao todo, o programa pagou 12.740.640 famílias em julho. O número de bolsas pagas foi o menor desde julho de 2010, quando foram pagas 12.582.844 bolsas. Se compararmos julho de 2014 com o mesmo mês de 2017, houve uma redução de 1,5 milhão de bolsas pagas.

Mesmo com os cortes, ainda há mais de meio milhão de famílias na lista de espera para ingressar no programa, sem previsão. Questionado pela reportagem, o Ministério do Desenvolvimento Social e Agrário culpou a política econômica do governo Dilma Rousseff (2011-16) pela redução.

(…)

Questionado sobre os cortes pelo UOL, o MDS enviou nota em que não explica a redução e culpa, de forma genérica, a “condução desastrosa da política econômica brasileira e a irresponsabilidade fiscal do governo Dilma Rousseff (PT)”, que “ainda geram impacto na vida dos brasileiros”.

(…)

Procurada para comentar as declarações, a ex-presidente Dilma disse, em nota, que é “estarrecedor” o corte em programas sociais em período de crise e classificou a decisão do seu ex-vice como “muito grave”.

A ex-presidente disse ainda que o corte mostra que o “Palácio do Planalto fez uma opção clara pelos mais ricos”. “Essas 543 mil famílias retiradas agora do programa custariam menos de R$ 100 milhões por mês. O governo ilegítimo vai colocar a conta do pato nas costas dos mais pobres”, declarou.

Dilma disse ainda que o argumento de falta de recursos não se justifica, uma vez que houve liberação de “dinheiro a deputados para arquivar uma denúncia”, o que torna “inadmissível reduzir os programas sociais”. “Justamente o Bolsa Família que protege as famílias brasileiras mais pobres. As ‘bolsas’ concedidas em menos de seis meses pelo governo ilegítimo representam quase metade do Bolsa Família anual”, pontuou.

você pode gostar também Mais do autor

1 comentário

  1. MAGDA SANTOS Diz

    “condução desastrosa da política econômica brasileira e a irresponsabilidade fiscal do governo Dilma Rousseff (PT)”? OU DESTE GOLPISTA INCOMPETENTE QUE QUER SUSTENTAR SUAS EXTRAVAGÃNCIAS E PROPINAS Á CUSTA DO POVO?

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.