THE GUARDIAN: Moro age com “assombrosa rapidez” contra Lula; Processo de tucano está há três anos na mão de juiz; ENTENDA!

9

A decisão do juiz Sérgio Moro de aceitar, nesta terça-feira 20, a denúncia da força-tarefa da Operação Lava Jato contra o ex-presidente Lula por corrupção e lavagem de dinheiro no caso do apartamento no Guarujá gerou grande repercussão na imprensa internacional. Outras setes pessoas também viraram rés no processo.

O jornal britânico The Guardian afirmou que “o palco está montado para o julgamento mais carregado politicamente na história moderna do Brasil” ao noticiar o fato. A reportagem diz ainda que a decisão “vem no momento de intensa turbulência política e econômica, exacerbada pela investigação da Lava Jato que dura dois anos e uma conspiração para encerrar 13 anos do PT no poder”.

O francês Le Monde disse que o magistrado aceitou as acusações “disposto a enfrentar a controvérsia de uma acusação fundada sob indícios frágeis, que pode gerar inquietação em muitos brasileiros”.

Para o The New York Times, jornal mais influente do mundo, a decisão ocorre “em meio a um debate nacional sobre se os promotores estão ultrapassando seus esforços para prender” Lula. Já o argentino Clarín apontou “assombrosa rapidez” de Moro em aceitar a denúncia, que foi apresentada na semana passada com muita polêmica.

você pode gostar também Mais do autor

9 Comentários

  1. eduardo Diz

    Acho ótimo denunciarem lá fora, mas faltaram os links das matérias, pra dar mais credibilidade à notícia.

  2. Lilian Guedes Diz

    A história do nosso país está sendo escrita, comas a vergonha escancarada dos golpistas. O tempo dirá quem está com a razão. Os ignorantes de agora vão engolir tijolos a seco quando tardiamente entenderem a grande merda que fizeram batendo panelas. Porta estandartes midiaticos sem um pingo de consciência. O retorno vai bater na porta, com um belo nariz de palhaço para cada um. O problema é que será azar de todos nós também, por causa de uma turminha mal informada. Triste vida de gado.

  3. Isis Avelar Diz

    Sérgio Moro pau mandado, quero vê prende Cunha, Jucá, Aércio Serra, Rennan Gilmar mendes e ate mesmo Temer q tbm foi citado na lava jato, ah esqueci tem foro né, sei cuidado já mostraste a muito tempo quem és, um covarde tucando.

  4. MÁRCIO GOMES BALHEJOS Diz

    Fica muito clara a dita “seletividade” que existe hoje nos julgamentos do judiciário brasileiro. Judiciário Brasileiro que representa, em sua grande parte, uma “casta” da elite deste país, que move seus atos e ações, legalizadas ou não, com sentimento de ódio e desprezo com aqueles que pensam de forma divergente e defendem os direitos dos que não tem voz ou são invisiveis aos seus olhos. E não estamos falando de partidos ou dando nomes, até porque existe este descritério proposital e intencional quando existem estas ações judiciais…
    ” Aos meu amigos tudo, aos meus inimigos somente a Lei…”

  5. Igor Napoleão Diz

    Alguém ainda tem dúvida sobre a ditadura travestida de democracia, república, justiça? Essa caterva passará à História como a convolução bastarda da ditadura de 64.

  6. Vanderlei Luiz Brumnic Diz

    Quer dizer que “o julgamento mais carregado politicamente na história moderna do Brasil” e que a decisão “no momento de intensa turbulência política e econômica, exacerbada pela investigação da Lava Jato que dura dois anos” é uma conspiração para encerrar 13 anos do PT no poder?
    Acorda, Brasil!!! PT nunca mais!!!

    1. Franklin J. Alencar Diz

      Informe-se você mesmo diretamente por meio das mídias do mundo e forme por sí mesmo a sua opinião. Do contrário vai continuar consumindo a opinião única enlatada das mídia do país, pronta para ser adotada por ingênuos.

      1. JANDIRA MARIA DE OLIVEIRA OLIVEIRA Diz

        Que é o seu casa…

    2. JANDIRA MARIA DE OLIVEIRA OLIVEIRA Diz

      Se fosse no voto, seria justo mas num golpe descarado desses

      .. vai ter troco. Votaremos novamente, aguarde, bobão! Quem vai acordar são os golpistas desonestos e covardes.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.