URGENTE: Após ameaças contra Lula, PT toma nova atitude para protegê-lo; CONFIRA!

0

A Executiva do Partido dos Trabalhadores (PT) se manifestou sobre o artigo da revista Isto É.
A Executiva Nacional do Partido dos Trabalhadores (PT) e parlamentares da bancada do PT na Câmara dos Deputados e do Senado se manifestaram com muita indignação ao artigo que foi publicado pela revista Isto É, que tinha como título “Lula deve morrer”.




Em nota, o PT disse que ao publicar o artigo a revista Isto É ultrapassou os limites da venalidade e do jornalismo marrom que faz. A nota assinada pela senadora e presidenta do PT, Gleisi Hoffmann, informa que acionará a Justiça contra o medíocre autor do artigo e também contra a revista que lhe concedeu o espaço para cometer o ato criminoso.
Segundo a senadora Gleisi, o artigo publicado pela revista não passa de um lixo propagandista que já vem sendo propagado há muito tempo contra o ex-presidente Lula, como sempre cheio de calunias, mentiras e difamação.




Sobre o título, a senadora disse que é uma típica incitação ao crime, conforme está previsto no artigo 286 do Código Penal brasileiro. A senadora afirmou que a Justiça será acionada para que seja tomada as medidas cabíveis contra a revista e o autor do artigo.

egundo Gleisi, esse episódio mostra claramente até que ponto a oposição de direita e as elites podem chegar para tentar impedir que Lula retorne à Presidência do Brasil.

Parlamentares postaram mensagens de repúdios contra a revista Isto É
Lindbergh Farias (PT-RJ) publicou nas redes sociais que o texto do jornalista Mário Vitor Rodrigues é um discurso de ódio e que incita claramente a violência. O senador disse também que cabe ao autor e a revista toda responsabilidade pelo crime contra Lula e que devem responder pelos seus atos. Ele disse também que a atitude tanto da revista quanto do autor é desesperadora.

Outro que se manifestou sobre o artigo publicado pela revista Isto É foi o deputado Helder Salomão (PT-ES). Ele disse que a coluna era criminosa e que isso não era uma normalidade democrática. Pedir a morte do líder político mais popular do país é algo pretensamente irônico que acende, com urgência, um sinal de alerta quanto a vida de Lula.

O deputado Paulo Teixeira (PT-SP) também se manifestou sobre o assunto dizendo que é um absurdo esse tipo de publicação, ainda mais incitando a violência e o ódio. Segundo o deputado, estamos vivendo em tempos sombrios, mas não se deve deixar de ter a esperança de que existirão dias melhores para se viver.

O artigo foi publicado pela revista Isto É, na semana passada, e causou grande revolta entres as pessoas nas redes sociais.

você pode gostar também Mais do autor

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.