VOTAÇÃO: Maia está sendo cobrado pela nova e antiga oposição a pautar a cassação de Cunha o quanto antes;

0

O presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ) afirmou que pretende iniciar o processo de cassação do deputado afastado Eduardo Cunha (PMDB-RJ) em plenário até a terça-feira (9), mas não estabeleceu data para a votação.

A ideia é fazer a leitura do caso entre esta quarta (3) e a terça-feira da semana que vem. Após essa fase, contam-se duas sessões para que a votação entre na pauta como item prioritário. Ou seja, caso a leitura ocorra na terça, a tendência é que os deputados já possam decidir o futuro do peemedebista a partir de quinta-feira.

Em almoço com líderes nesta segunda-feira (1º), Maia foi cobrado pela nova e antiga oposição (PSDB, PPS, PT, entre outros) a pautar a cassação o quanto antes, sob pena de a Câmara se desgastar junto à opinião pública.

O deputado do DEM disse que irá “trabalhar” para que a questão seja resolvida neste mês, mas não se comprometeu a estabelecer prazo.

“Vamos trabalhar para que [a votação da cassação] seja durante o mês de agosto, numa semana com quórum alto. A segunda semana tem quórum mais alto, mas já tem deputado dizendo que é a semana do registro das candidaturas. Vamos aguardar para não dar uma data errada e criar frustrações”, afirmou Maia.

você pode gostar também Mais do autor

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.