Feliz com prisão de Lula, Moro diz aos americanos que democracia no Brasil não está em risco

Em palestra na Universidade de Harvard, nos Estados Unidos, Sergio Moro disse nesta segunda-feira 16 que a democracia não está em risco no Brasil. A declaração foi feita 11 dias depois de Moro ter decretado a prisão do ex-presidente Lula sem provas e antes da conclusão dos embargos em segunda instância, condição que ficou definida segundo decisão do próprio TRF-4, tribunal de Porto Alegre que o condenou em segunda instância.

“Vou ser claro: a democracia não está em risco no Brasil. Absolutamente não. O que está acontecendo é a luta pelo Estado de Direito”, declarou. “Eu acho que é exatamente o oposto. Ao final, nós teremos uma democracia mais forte, e uma economia ainda mais forte”, ressaltou.

Relacionadas

Moro disse ainda, segundo reportagem da Folha, que há dois jeitos de encarar a situação do Brasil neste momento: uma, com vergonha. Outra, com orgulho. “Há alguma razão para estarmos orgulhosos, não de um juiz ou de alguns procuradores, mas do povo brasileiro como um todo”. A fala foi feita a uma plateia de juízes, procuradores e estudantes de direito brasileiros.

CLICK POLÍTICA com informações de brasil247

você pode gostar também Mais do autor