Paraíba ganha 709 km de BRs classificadas como boas e ótimas, em dez anos

0

A qualidade das rodovias federais que cortam a Paraíba teve uma melhora nos últimos dez anos, segundo dados do Anuário do Transporte, divulgado nesta segunda-feira (30), pela Confederação Nacional dos Transportes (CNT). O estado passou dos 223 km ótimos ou bons registrados em 2005 para os atuais 932 km considerados ótimos ou bons em 2015, com relação ao estado geral de conservação.

De acordo com a pesquisa, em 2005 a Paraíba possuía um total de 3.752,5 km de rodovias federais pavimentadas. Dez anos depois, o estado pouco evoluiu, somando 3.768,7 km, mas os dados mostram que o pouco investimento em crescimento da malha rodoviária foi compensado na conservação do que já existia.

Em 2005, a pesquisa rodou 1.592 km em rodovias federais no estado. Nelas, a Paraíba foi classificada como tendo 111 km ótimos; 112 km bons; 568 km regulares; 459 km ruins; e 342 km péssimos, com relação à conservação geral da malha.

Quanto à classificação do pavimento, a pesquisa relatou que em 2005 o estado tinha 231 km considerados ótimos; 254 km bons; 585 km regulares; 388 km ruins; e 134 km péssimos.

Ainda há dez anos, com relação à sinalização dos trechos pesquisados, o estado possuía de 316 km ótimos; 255 km bons; 361 km regulares; 327 km ruins; e 333 km péssimos.

Em 2015, a pesquisa rodou 1.665 km em todo o estado e verificou que a situação da malha rodoviária havia melhorado consideravelmente.

A constatação foi de que o estado geral de conservação das rodovias federais no estado foi de 172 km considerados ótimos; 760 km bons; 370 km regulares; 213 km ruins; e 140 km péssimos.

Sobre a qualidade do pavimento, a pesquisa constatou que de 904 km são considerados ótimos; 57 km bons; 452 km regulares; 212 km ruins; e 30 km péssimos.

Sobre a sinalização, a pesquisa constatou que 167 km foram considerados ótimos; 808 km bons; 430 km regulares; 73 km ruins; e 177 km péssimos.

você pode gostar também Mais do autor

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.