Pai e filha alcançam costa australiana após um mês à deriva no mar

Um homem da Nova Zelândia e sua filha de seis anos, desaparecidos no mar há mais de um mês, chegaram finalmente à costa da Austrália com seu pequeno e danificado iate no traiçoeiro Mar de Tasmam.

Alan Langdon, de 46 anos, e sua filha Que embarcaram para uma curta viagem de Kawhia à Baía das Ilhas, na costa leste da Nova Zelândia.

Uma tempestade, no entanto, danificou o leme do iate, e eles ficaram à deriva no mar.

— Eu esperava pelo bom tempo, que não chegava. Naquele estágio, estávamos sendo empurrados para o sul e para fora — contou Langdon, acrescentando que decidiu que seria mais seguro ir para a Austrália pelo mar da Tasmânia.

Pai e filha desembarcaram na quarta-feira em Ulladulla, um porto de pesca a 230 km ao sul de Sydney, encerrando uma busca internacional aflitiva pelos dois.

Extra

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA