MÍDIA GOLPISTA: Globo ataca Wadih Damous por causa de projeto pra reduzir golpismo do judiciário; CONFIRA!

3

NOTA OFICIAL sobre o PL 4372/16

Diante da interpretação leviana que vem se dando aos projetos de lei de minha autoria, venho esclarecer o seguinte:

Apresentei o PL nº 4372/2016, com o objetivo de aperfeiçoar a figura da delação premiada, adequando-a aos princípios constitucionais. Dizer que o projeto cria embaraços à delação é simplesmente mentiroso.

A minha proposição funda-se na necessidade de tornar esse instituto compatível com os direitos e garantias fundamentais previstos na Constituição da República, de 88.

Além disso, o projeto torna crime o vazamento de informações que correm sob segredo de justiça. Nos últimos anos, vazamentos seletivos e sistemáticos, quase sempre movidos por interesses políticos estranhos ao bom direito, se transformaram em grave ameaça ao Estado Democrático de Direito.

Outro ponto fundamental do PL 4372 é o que enfatiza o caráter voluntário da delação premiada, justamente para evitar que seja utilizada como instrumento de coação, o que fere a dignidade da pessoa humana.

Já o PL nº 4577/16 apenas torna efetivo o que já se encontra na Constituição: ninguém será considerado culpado até o trânsito em julgado de sentença penal condenatória. É o princípio da presunção de inocência. Basta imaginar alguém que seja encarcerado após a decisão de segunda instância e anos depois de preso ser absolvido nos tribunais superiores. Cumpriu pena injustamente. Qual o preço de tamanha injustiça? Hoje, tem-se em mente os políticos e empresários corruptos, que sempre dão um jeito de se safar. Mas, na verdade, quem sofre de fato é a população pobre, vulnerável e sem direitos.

Esses projetos foram amplamente debatidos por juristas, advogados e magistrados e protocolados bem antes da publicação dessas gravações. Nada têm de coniventes com o crime. Os que defendem tese contrária defendem, na verdade, a barbárie e o desrespeito a direitos e garantias fundamentais.

Estou na linha de frente do combate à corrupção. Mas isso não deve ser incompatível com o respeito à Constituição e às leis. Aliás, ninguém é dono exclusivo do combate ao crime.

Deputado federal Wadih Damous 

 

 

3 Comentários

  1. henrique aparecido gomes Diz

    Sr. deputado, o texto de sua autoria diz”fere a dignidade da pessoa humana”, porém como considerar digno e de direitos uma pessoa que arma contra o contribuinte, lesando dele o imposto que lhe foi tomado, para ser administrado e na verdade foi desviado de sua finalidade. Creio em Dignidade e Direitos, sim, mas não com esse tipo de pessoas que não respeita a dignidade e os direitos de outras pessoas(enfermos morrendo por falta de remédios e materiais para uma cirurgia, atendimento precário nos hospitais, enquanto que um parlamentar tem seu plano de saude vitalicio paga pelo proprio enfermo, imóveis e mordomias a seu dispor, enquanto que o contribuinte, de quem é tomado o imposto, sofre para pagar uma prestação de um mísero apto. para guardar sua familia) e vamos para por aqui, pois ficaríamos a escrever por muito tempo, se fôssemos enumerar tudo que foi criado pelo congresso em favor próprio com dinheiro que seria dos hospitais, escolas, estradas, e serviços estruturais para quem paga a conta deste estado.

  2. henrique aparecido gomes Diz

    Sr. deputado, o texto de sua autoria diz”fere a dignidade da pessoa humana”, porém como considerar digno e de direitos uma pessoa que arma contra o contribuinte, lesando dele o imposto que lhe foi tomado, para ser administrado e na verdade foi desviado de sua finalidade. Creio em Dignidade e Direitos, sim, mas não com esse tipo de pessoas que não respeita a dignidade e os direitos de outras pessoas(enfermos morrendo por falta de remédios e materiais para uma cirurgia, atendimento precário nos hospitais, enquanto que um parlamentar tem seu plano de saude vitalicio paga pelo proprio enfermo, imóveis e mordomias a seu dispor, enquanto que o contribuinte, de quem é tomado o imposto, sofre para pagar uma prestação de um mísero apto. para guardar sua familia) e vamos para por aqui, pois ficaríamos a escrever por muito tempo, se fôssemos enumerar tudo que foi criado pelo congresso em favor próprio com dinheiro que seria dos hospitais, escolas, estradas, e serviços estruturais para quem paga a conta deste estado.

  3. henrique aparecido gomes Diz

    Sr. deputado, o texto de sua autoria diz”fere a dignidade da pessoa humana”, porém como considerar digno e de direitos uma pessoa que arma contra o contribuinte, lesando dele o imposto que lhe foi tomado, para ser administrado e na verdade foi desviado de sua finalidade. Creio em Dignidade e Direitos, sim, mas não com esse tipo de pessoas que não respeita a dignidade e os direitos de outras pessoas(enfermos morrendo por falta de remédios e materiais para uma cirurgia, atendimento precário nos hospitais, enquanto que um parlamentar tem seu plano de saude vitalicio paga pelo proprio enfermo, imóveis e mordomias a seu dispor, enquanto que o contribuinte, de quem é tomado o imposto, sofre para pagar uma prestação de um mísero apto. para guardar sua familia) e vamos para por aqui, pois ficaríamos a escrever por muito tempo, se fôssemos enumerar tudo que foi criado pelo congresso em favor próprio com dinheiro que seria dos hospitais, escolas, estradas, e serviços estruturais para quem paga a conta deste estado.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.