Após encontro com Lula, Renata Campos vê com preocupação situação do PSB e pede reunião com Paulo Câmara

0

O PSB de Eduardo Campos está afundado após apoiar o ‘golpe’ capitaneado pelo o Presidente da República Michel Temer (PMDB) no ano passado.




Pesquisas realizadas no estado de Pernambuco, mostram que a força política do partido pode ser diminuída vertiginosamente no pleito eleitoral de 2018.

O Governador Paulo Câmara não tem conseguido conduzir a legenda após o falecimento de seu padrinho político.




Caso o governador continue a ficar ‘neutro’ diante da situação catastrófica que o país enfrenta, o PSB corre sério risco de ser dizimado nas urnas.

A preocupação já atinge a casa da Família Campos.

Continua depois da Publicidade

A viúva de Eduardo, Renata, considera difícil a situação da agremiação e já estuda convocar um grande encontro para decidir os rumos a serem tomados ano que vem.

Renata recebeu visita de Lula durante viagem ao nordeste, e o clima foi de muita alegria, segundo informações de fontes que presenciaram o encontro.

Não está descartado um apoio ao ex-presidente.

CLICK POLÍTICA

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.