COISA FEIA! Braço direito de Janot mandou Joesley gravar Cardoso, mas ex-ministro recusou participar de ilicitudes

0

O empresário Joesley Batista foi orientado pelo ex-procurador Marcelo Miller a gravar o ex-ministro da Justiça José Eduardo Cardozo para tentar informações sobre ministros do Supremo Tribunal Federal.

A ideia era atrair Cardozo para uma conversa em que os dois fingiriam interesse em contratá-lo para serviços advocatícios, e dependendo do conteúdo final, entregariam o áudio à Procuradoria Geral da República.




Ao que tudo indica, o Ministério Público tinha interesse em atingir ministros do STF, mas Cardozo não caiu na armadilha.

O ex-ministro teria feito apenas declarações genéricas sobre os ministros e recusado pagamentos fora das vias regulares.

CLICK POLÍTICA com informações de brasil247

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.