Saud diz que ex-genro de Silvio Santos batia na mulher e compromete Valdemar Costa Neto

0

Do Metropoles:

Em um dos trechos da conversa com potencial para anular a delação da JBS, Ricardo Saud fala para Joesley sobre um encontro que manteve com Eduardo da Fonte (possivelmente o deputado pelo PP de Pernambuco) e uma pessoa de nome Quintela. Ao descrever Quintela, Ricardo diz: “O que que aconteceu… O Duda Fonte, o Eduardo da Fonte, meu amigo e sócio dele aqui no bar, do ex-genro do Sílvio Santos…”. Momento em que Joesley o interrompe: “Ex?”.

E Saud continua: “É, porque ele ficou casado um mês e bateu na muié (sic), o Quintela, esse que é o… presidente agora do PP aqui…”. No entanto, não há registros de que uma das filhas de Sílvio Santos tenha sido casada com algum Quintela.

Continua depois da Publicidade

Em seguida, Saud segue narrando o motivo do encontro e conta a Joesley que perguntou aos dois se queriam ver sua planilha. “’Vocês vão cair de costas’”, teria dito Saud a Eduardo da Fonte e ao Quintela. “Até lá tinha R$ 38 milhões, tudo oficial… [inaudível] Porque eles falaram que a Odebrecht tava pagando pra eles por fora, no paraíso fiscal”, disse no áudio entregue à PGR.

Saud continua dizendo a Joesley que teria dito para os dois que não pegassem dinheiro da Odebrecht: “Eu falei, não pega o dinheiro da Odebrecht, o Antônio Carlos veio aqui e me contou, eles estão pagando lá no exterior e o Valdemar Costa Neto tá recebendo lá no exterior. Aí eu falei: ‘Não faça isso, pode pedir tudo pra nós aqui que a gente paga tudo’”. Em seguida, Saud diz que negociou o repasse de R$ 45 milhões com os dois.

Saud ainda demonstra receio com a situação e comenta: “Eu acho que o nosso amigo Antonio Carlos vai cair”. Provavelmente, estaria se referindo a Antonio Carlos Rodrigues, presidente do PR.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.