LULA ENQUADRA MORO! Pela ordem! O ônus da prova é de quem acusa, não o contrário

0

Por Rogério da Silva.

Ao concluir seu depoimento ao juiz Sergio Moro, nesta 4ª feira, dia 13, o ex-presidente Lula questionou o magistrado se podia confiar em sua imparcialidade no veredito que deverá proferir em breve.




Moro deu uma resposta lógica e automática: disse que sim.

Menos de uma hora antes, entretanto, o capa preta da lava jato de Curitiba, havia pedido ao ex-presidente que apresentasse provas de que pagava o aluguel do apartamento que o Ministério Público do PowerPoint diz lhe pertencer.

Continua depois da Publicidade

Toda, via o ônus da prova compete a quem acusa, já que o réu esta resguardado pela presunção de inocência.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.